Radar Semanal 16/07/21

O ex-vice presidente dos EUA, Mike Pence (Foto: Erin Granzow).

Hoje no Radar, um artigo aborda os desafios da modernização da tríade nuclear dos EUA; a recente implantação de 16 aeronaves da força aérea chinesa próximo ao espaço aéreo da Malásia pode sugerir uma nova tática para a China afirmar suas reivindicações sobre o Mar do Sul da China; O ex-vice-presidente americano Mike Pence ingressou na The Heritage Foundation fazendo um forte discurso anti-China, que traduzimos nesta edição; O compromisso da Turquia de proteger o aeroporto de Cabul é arriscado, mas pode trazer recompensas estratégicas significativas.

Após incursão maciça de aeronaves perto de Taiwan, China diz que deve responder ao “conluio”

Ilustração com bandeiras nacionais chinesas e taiwanesas (Dado Ruvic/Reuters).

Porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan da China disse que Pequim nunca irá tolerar tentativas de buscar independência ou intervenção estrangeira na questão de Taiwan.

Aeronave de alerta antecipado chinesa entra na ADIZ de Taiwan

Aeronave de controle e alerta antecipado KJ-500 (Foto: Ministério da Defesa Nacional de Taiwan).

Cálculos baseados nos dados do Ministério da Defesa de Taiwan indicam que aeronaves do PLA conduziram 311 surtidas no ADIZ de Taiwan em 104 dias em 2021.

Violações do espaço aéreo indonésio por aeronaves estrangeiras continuam a aumentar

Aeronave de combate da Força Aérea da Indonésia (Foto: Alex Widojo/Agência Anadolu).

Atividades aumentaram significativamente devido à escalada das disputas no Mar do Sul da China; até 17 de maio, havia 498 violações do espaço aéreo, disse o comandante do Comando Nacional de Defesa Aérea.

China envia 16 aeronaves militares sobre áreas disputadas do Mar do Sul da China perto da Malásia

Um Ilyushin Il-76 chinês na Base Aérea Real da Austrália de Pearce, na Austrália Ocidental (Foto: Departamento de Defesa Australiano).

Aeronaves chinesas não responderam às tentativas de contato dos controladores da Malásia, após o que a Força Aérea do país enviou jatos de combate leve para interceptá-las e identificá-las.

Lukashenko diz que ameaça de bomba no voo da Ryanair veio da Suíça

O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko (Foto: Sergei Shelega/BelTA).

Anteriormente, também foi mencionado que a carta de ameaça de bomba havia sido enviada para o e-mail do aeroporto de Minsk a partir do serviço Protonmail.com.

Caças Su-27 russos acompanham aeronaves táticas francesas sobre o Mar Negro

Caça multifunção Su-27 (Foto: Sergei Bobylev/TASS Host Photo Agency).

As tripulações dos caças russos identificaram os alvos aéreos como aeronaves Mirage-2000 da Força Aérea Francesa e os seguiram sobre o Mar Negro.

Em nova incursão, nove aviões chineses entram na ADIZ de Taiwan

Aeronave chinesa de reconhecimento tático Y-8 (Foto: Ministério da Defesa Nacional de Taiwan).

De acordo com gráfico divulgado pelo Ministério da Defesa de Taiwan através do Twitter, as aeronaves foram localizadas no espaço aéreo a sudoeste, entre Taiwan e as ilhas Dongsha.

Colômbia protesta por violação do seu espaço aéreo pela Rússia

A Ministra das Relações Exteriores da Colômbia, Claudia Blum (Foto: Mauricio Dueñas Castaneda/EPA-EFE).

A chanceler destacou que as aeronaves russas violam repetidamente as condições de autorização de voo estabelecidas pela Colômbia.

Caça russo interceptou avião de reconhecimento dos EUA no Pacífico

RC-135 (Foto: Gabinete de Imprensa do Ministério da Defesa Russo/Tass).

De acordo com o Ministério da Defesa russo, a aeronave de reconhecimento americana foi impedida de violar o espaço aéreo da Rússia.