Em nova incursão, nove aviões chineses entram na ADIZ de Taiwan

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Aeronave chinesa de reconhecimento tático Y-8 (Foto: Ministério da Defesa Nacional de Taiwan).

Aeronave chinesa de reconhecimento tático Y-8 (Foto: Ministério da Defesa Nacional de Taiwan).

Nove aeronaves da Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (PLA) entraram na zona de identificação de defesa aérea de Taiwan (ADIZ) na terça-feira, o sexto dia consecutivo em que ocorrem incursões semelhantes, informou o Ministério da Defesa Nacional (MND) ontem.

De acordo com o MND, as aeronaves envolvidas foram cinco caças J-16 multifunção, uma aeronave de guerra eletrônica Y-8, uma aeronave de reconhecimento tático Y-8 e duas aeronaves anti-submarino Y-8.

Todas as aeronaves foram localizadas no espaço aéreo a sudoeste de Taiwan, entre Taiwan e as ilhas Dongsha, mostrou um gráfico do MND.

A Força Aérea de Taiwan respondeu enviando aviões para monitorar as aeronaves chinesas, emitindo alertas de rádio e mobilizando meios de defesa aérea até que os aviões chineses deixassem a área, disse o MND.

Um ADIZ é declarado por um país para possibilitar a identificação, localização e controle de aeronaves estrangeiras que se aproximam, embora tais zonas não sejam reconhecidas pelo direito internacional.


Tuíte do MND.

Essas incursões vêm ocorrendo todos os dias em abril, exceto nos dois primeiros dias do mês e no dia 14, segundo dados do MND.

Em 12 de abril, até 25 aeronaves militares chinesas entraram no ADIZ de Taiwan, coincidindo com um aviso do Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, a Pequim sobre suas “ações cada vez mais agressivas” dirigidas contra Taiwan.

Analistas militares em Taiwan especularam que o PLA poderia estar simulando um ataque ao grupo de ataque do porta-aviões USS Theodore Roosevelt, que estava nas proximidades naquela época.

Fonte: Focus Taiwan.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também