IDF ataca alvos em Gaza em resposta a balões incendiários

Militantes do Hamas lançaram balões incendiários perto da fronteira de Gaza com Israel (Foto: Getty).

Ataques foram realizados em resposta ao lançamento de múltiplos balões incendiários, que causaram cerca de oito incêndios em comunidades israelenses perto de Gaza.

Israel lança ataques aéreos contra Gaza depois que palestinos lançam balões incendiários

Chamas eclodem depois que um ataque aéreo israelense atingiu alvos do Hamas na Cidade de Gaza, em 15 de junho de 2021 (Foto: Ali Jadallah/Agência Anadolu/Getty Images).

Ataques foram os primeiros sob o novo governo de Naftali Bennett e ocorrem depois da Marcha das Bandeiras de Israel na Cidade Velha de Jerusalém na terça-feira.

O Hamas adverte Bennett que Marcha em Jerusalém na terça-feira reacenderá as tensões

Jovens em Jerusalém em maio, antes da planejada Marcha das Bandeiras de Jerusalém (Foto: Ohad Zwigenberg/Haaretz.

A Marcha da Bandeira de Jerusalém é um “estopim para uma nova explosão”, disse o porta-voz do Hamas um dia após a posse do primeiro-ministro Bennett.

Mais uma crise na Terra Santa

Imagem: Bigstock.

Após semanas de uma escalada de tensões, está em andamento a mais grave crise envolvendo israelenses e palestinos desde 2014.

Netanyahu diz que Israel quer acabar com os combates, mas não há prazo

Imagem: Twitter.

Netanyahu disse que o Hamas usou os eventos do Dia de Jerusalém e a situação em Sheikh Jarrah para servir aos seus próprios interesses políticos, e que Israel está fazendo tudo para minimizar as vítimas civis.

Exército israelense nega operação terrestre em Gaza

Soldados das IDF no lado israelense da fronteira com Gaza, 14 de maio de 2021 (Foto: Amir Cohen/Reuters).

Aeronaves, blindados, unidades de artilharia e infantaria estão na fronteira para operações contra o Hamas, mas as IDF disseram que as tropas não cruzaram para a Faixa de Gaza.

Israel golpeia Gaza com ataques aéreos

Explosão ilumina o céu após ataque aéreo israelense a Beit Lahia, no norte da Faixa de Gaza, em 14 de maio de 2021 (Foto: Mohammed Abed/AFP).

Ataques aéreos e disparos de carros de combate estacionados perto da fronteira foram parte de uma operação que visava destruir túneis usados pelo Hamas sob a Cidade de Gaza.

O maior conflito entre Israel e Gaza desde 2014

Unidade de artilharia israelense dispara contra alvos na Faixa de Gaza (Foto: AP).

Semanas de violentos confrontos em Jerusalém Oriental iniciaram os combates mais pesados em vários anos entre Israel e militantes palestinos na Faixa de Gaza. Ambos os lados parecem estar se preparando para uma luta mais prolongada. Neste artigo, alguns dos recentes fatores que desencadearam a escalada.

Hamas e Israel trocam fogo e a agitação em Jerusalém incendeia a faixa de Gaza

Foguetes são lançados da Faixa de Gaza em direção a Israel (Foto: Khalil Hamra/AP).

O confronto mais sério entre o Hamas e Israel foi desencadeado por enfrentamentos entre palestinos e a polícia israelense na Mesquita de Al Aqsa em Jerusalém; é a primeira vez desde 2014 que o Hamas lança foguetes contra Israel.

Hamas pede a palestinos que enfrentem as forças israelenses

Emblema do Hamas.

Porta-voz do Hamas diz que os eventos ocorridos na mesquita de Al-Aqsa, na Jerusalém Oriental, são crimes de guerra e equivalem a um massacre.