Rússia e Bielorrússia vão praticar implantação furtiva de tropas em exercícios estratégicos Zapad-2021

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Carros de combate nos exercícios conjuntos russo-bielorrussos Zapad-2017 em um campo de treinamento perto da cidade de Borisov, em 20 de setembro de 2017 (Foto: AFP).

Carros de combate nos exercícios conjuntos russo-bielorrussos Zapad-2017 em um campo de treinamento perto da cidade de Borisov, em 20 de setembro de 2017 (Foto: AFP).

A Rússia e a Bielorrússia praticarão implantações militares furtivas nos próximos exercícios estratégicos conjuntos Zapad-2021 (West-2021), disse o comandante do Distrito Militar Ocidental da Rússia, general Aleksandr Zhuravlyov, em entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda do Ministério da Defesa na sexta-feira.

“Uma atenção redobrada está sendo dada à prontidão inicial do sistema de comando e controle e todos os tipos de apoio logístico, bem como ao desdobramento furtivo do contingente necessário”, disse o comandante.

Os próximos exercícios estratégicos Rússia-Bielorrússia também praticarão as habilidades adquiridas como resultado do domínio da experiência das operações de combate nos conflitos militares atuais, disse ele.


LIVRO RECOMENDADO

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial

  • Keith Lowe (Autor)
  • Em português
  • Kindle ou Capa comum

“Testamos e introduzimos nas tropas os métodos não convencionais das operações de grupos táticos de batalhão para impedir ataques de alvos aéreos voando baixo, veículos aéreos não tripulados e luta contra alvos blindados de movimento rápido”, disse o comandante do Distrito Militar Ocidental.

Os exercícios estratégicos conjuntos Zapad-2021 serão executados em áreas militares da Rússia e Bielorrússia em setembro. Conforme relatado anteriormente, os exercícios serão baseados em um cenário potencial de uma escalada da situação militar e política contra um estado fictício. O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, disse antes que aeronaves militares seriam amplamente empregadas nos próximos exercícios estratégicos.

Fonte: Tass.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

traco

Veja também