OTAN restringe o acesso da Bielorrússia ao QG

Jens Stoltemberg, Secretário-geral da OTAN (Foto: Yves Herman/Reuters).

A Bielorrússia não é membro da OTAN, mas mantém laços desde 1992 e uma missão diplomática na Aliança desde 1998. Pessoal bielorrusso pode participar de eventos como parte de parceria de cooperação que aborda questões como controle de armas e educação militar.

Diplomata russa classifica reação ocidental a incidente com voo da Ryanair como histeria

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova (Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia/Tass).

Maria Zakharova classificou a política dos países ocidentais em relação ao incidente da Ryanair como preconcebida devido à crise da Bielorrússia.

Minsk ignora críticas da UE sobre pouso forçado da Ryanair

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Bielo-Rússia, Anatoly Glaz (Foto: Natalia Fedosenko/Tass).

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Bielorrússia observou que a situação está sendo deliberadamente politizada com acusações absolutamente infundadas.

Europeus ameaçam restringir o tráfego aéreo na Bielorrússia após “pirataria estatal”

O ativista Roman Protasevich, preso neste fim-de-semana em Minsk (Foto: Stringer/Reuters).

Bielorrússia afirma que agiu em resposta a uma ameaça de bomba no voo, que acabou sendo um alarme falso.

Bielorrússia força avião a pousar e prende ativista

Foto: Stringer/EPA-EFE.

Presidente da Comissão Europeia prometeu não deixar o incidente sem consequências, e o secretário-geral da OTAN o disse que movimento exige uma investigação internacional.

A adesão da Ucrânia à OTAN levaria a um aumento em grande escala das tensões

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova (Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia / Tass)

A porta-voz enfatizou que a situação em Donbass continua complicada e tende a piorar devido às intenções belicosas de Kiev, acrescentando que “tropas e equipamentos militares estão sendo enviados para a região e os planos de mobilização estão sendo atualizados”.

Radar Semanal 09/10/2020

Nesta edição, entre outros assuntos, o Radar mostra uma análise sobre o porque das falhas de Washington no Oriente Médio; a aposta de Erdogan, da Turquia, no conflito entre Armênia e Azerbaijão; Uma análise sobre os crescentes custos de defender Taiwan; e uma avaliação da previsão de Mark Esper de 500 navios para a US Navy.

Armênia e Azerbaijão: cem anos de rivalidade

Região criada pela União Soviética nos anos 1920, o Nagorno-Karabakh gerou tensões entre Armênia e Azerbaijão, mantidas sob controle durante o regime. Com a queda da URSS, os países travaram uma guerra sangrenta pela região que terminou em 1994, mas desde então os atritos na região são constantes.

O futuro da Bielorrússia

A Bielorrússia é o caminho mais curto entre a Europa ocidental e Moscou, e por isso, como mostra a história, pode facilmente se transformar em uma fonte de preocupação para a Rússia. Se por um lado a Ucrânia é um exemplo recente da disposição russa em uma possível intervenção, por outro a população bielorrussa é, cultural e historicamente, muito mais próxima dos russos, o que poderia sugerir uma solução menos traumática.

A geopolítica das eleições bielorrussas

Localizada entre a Polônia e a Rússia, a Bielorrússia é parte do que os russos consideram como sua zona-tampão, uma área estratégica fundamental para a sua segurança. Com o fim da Guerra Fria, a neutralidade dos bielorrussos se transformou num delicado ponto de equilíbrio entre a Rússia e a OTAN.