Serve para todos: a mente estratégica de um Comandante

As decisões importantes que levam à vitória muitas vezes passam por iniciativas que evitam possíveis erros, aquelas que poderiam causar uma derrota antes mesmo de iniciar o combate. Frequentemente são coisas simples e óbvias, mas nem sempre as enxergamos. Este é um dos fatores que diferenciam aqueles que aprendem a pensar estrategicamente.

Uma mensagem para Garcia

O ensaio “Uma mensagem para Garcia” foi escrito em 1900 por Elbert Hubbard. Pode-se questionar seu moralismo – e muitos o fazem – mas, do ponto de vista de liderança, a questão central do ensaio permanece atual. Pessoas com iniciativa e perseverança para “fazer as coisas”, mesmo quando não há um superior hierárquico observando, sempre foram essenciais em qualquer organização, e continuarão a ser.

O que aconteceu com a liderança americana?

A mudança do foco estratégico de Washington para a Ásia e o Pacífico em detrimento da Europa, como vinha ocorrendo até há poucos anos, não se deve a uma suposta postura isolacionista dos Estados Unidos, como acreditam alguns analistas, mas simplesmente atende aos interesses americanos.

Boa informação ganha batalhas e alavanca negócios

A informação de qualidade é essencial para a tomada de decisões seja na política, na guerra ou no mundo dos negócios. Para ser considerada de qualidade, a informação deve ser verificada, cruzada e validada. Sua fonte deve ser confiável. Seu preço poderá ser caro – mas quanto custa a recuperação de um desastre causado por uma decisão tomada com base em informações incorretas, falsas ou equivocadas?

A liderança no C2-50

Líderes e subordinados devem atuar para cumprir a intenção do comandante. Mesmo que estejam isolados, todos devem ser capazes de atuar com iniciativa e por conta própria objetivando o cumprimento da missão. A iniciativa deve ser estimulada, dando aos subordinados liberdade de ação para decidir a melhor forma de cumpri-la.

Liderança em tempos de Mídias Sociais

Em tempos de redes sociais e comunicação instantânea, as informações chegam com muita velocidade a todas as instâncias. Grupos de pressão são criados de forma muito rápida e as lideranças devem decidir sem ter a informação completa ou, pior, com informação baseada em fake news. Se informação de qualidade é fundamental para um bom processo de tomada de decisões, como atuar nessas situações?

O que o Exército me ensinou sobre Liderança: a Liderança nos diferentes níveis

Na série de artigos sobre Liderança, neste o coronel Paulo Filho aborda a questão da Liderança Direta versus Liderança Indireta, convidando a refletir sobre as diferenças de liderança em diferentes níveis de comando. A liderança ocorre do mesmo modo? As mesmas habilidades são necessárias em qualquer nível da hierarquia?

O que o Exército me ensinou sobre Liderança: o desenvolvimento de líderes subordinados

O ensino formal de liderança nas escolas do Exército é responsável pelo embasamento técnico e teórico sobre o assunto. No entanto, a experiência prática é fundamental para o desenvolvimento dos bons líderes, e isso ocorre no corpo de tropa.

O que o Exército me ensinou sobre Liderança: a importância da Empatia

Se a princípio um cadete não interpreta corretamente a essência da liderança, ao longo de sua formação profissional ele não apenas aprende a compreende-la, mas ela passa a fazer parte do seu cotidiano ao longo de toda a vida militar. Habilidade fundamental num líder, a Empatia é aplicável a todos os aspectos do relacionamento humano.

O que torna grande um general?

Muitos são os atributos de um grande comandante de tropas: persistência, sensibilidade e implacabilidade, para citar apenas alguns exemplos. Mas há uma característica que todos eles compartilham: levaram o seu aperfeiçoamento profissional ao extremo. Essa é a base do sucesso em qualquer profissão.