A Rússia testou um míssil hipersônico na Síria? Talvez Israel saiba

Um MiG-31 russo com um míssil hipersônico Kinzahl (Foto: Ministério da Defesa da Rússia).

Observadores israelenses dizem que teste do míssil é parte do esforço de Moscou para ganhar presença forte no Mediterrâneo; nos últimos dias os russos realizaram um exercício de combate a apenas 30 km do HMS Queen Elizabeth, atualmente no leste do Mediterrâneo perto de Chipre.

Exercício Sea Breeze 2021 começa no Mar Negro sob ameaça russa de atirar em navios de guerra “intrusos”

Contratorpedeiro da Marinha americana USS Porter fotografado durante o exercício Sea Breeze 2020 (Foto: US Navy).

Exercício tem início cinco dias depois que a Rússia anunciou que um de seus navios de guerra disparou tiros de advertência e uma aeronave de combate lançou bombas no caminho do contratorpedeiro britânico HMS Defender próximo a Sebastopol.

Ministério da Defesa da Rússia está avaliando novos regulamentos após incidente no Mar Negro

O contratorpedeiro britânico HMS Defender (Foto: Kevin Shipp/Shutterstock).

Analistas acreditam que provocações em águas territoriais da Rússia serão mais frequentes e o país deve estar pronto a reagir, mas foguetes não guiados seriam suficientes para demonstrar intenções.

Moscou diz que tiros de advertência detiveram navio de guerra britânico; Londres nega

Uma aeronave de ataque Su-24, modelo que teria lançado bombas no caminho do HMS Defender (Foto: Serviço de Imprensa do Ministério da Defesa Russo).

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, alertou que “o mundo está afundando rapidamente em um novo confronto, que é muito mais perigoso do que durante os tempos da Guerra Fria”.

Incidente no Mar Negro: As reações na Rússia

Destroier britânico HMS Defender (Foto: BatManS/Shutterstock).

Londres afirmou que a embarcação estava em águas ucranianas, mas optou por evitar a escalada, dizendo que nenhum tiro de alerta foi disparado contra seu navio.

Rússia alerta Grã-Bretanha para não provocá-la novamente no Mar Negro

Captura de vídeo divulgado pelo Ministério da Defesa da Rússia mostra o destroier HMS Defender filmado de uma aeronave militar russa no Mar Negro, em 23 de junho de 2021 (Fonte: Ministério da Defesa da Federação Russa via Reuters).

O porta-voz do Kremlin classificou o incidente de “provocação inaceitável”, e disse que se essas ações forem longe demais, nenhuma opção será descartada na defesa das fronteiras da Rússia.

Marinha russa efetuou disparos de advertência contra destróier britânico

O destroier da Marinha Real Britânica HMS Defender (Foto: Ben Mitchell/AP).

Defesa russa diz que efetuou disparos de alerta após a embarcação violar as águas territoriais do país; o Reino Unido negou, mas um correspondente da BBC a bordo do destroier enviou relato confirmando o incidente.

Tropas de defesa costeira russas realizam exercícios na Crimeia enquanto navios de guerra da OTAN entram no Mar Negro

O destroier britânico HMS Defender e a fragata holandesa HNLMS Evertsen passando pelo Bósforo (Foto: Yoruk Isik/Twitter).

Na primeira fase dos exercícios, as equipes dos sistemas de mísseis estacionados na Crimeia realizaram uma marcha até a área de posicionamento, equiparam e camuflaram as posições.