FSB impede ataque terrorista em Simferopol

Foto: Serviço Federal de Segurança Russo/Tass.

Ataque terrorista frustrado pelo FSB russo ocorreria contra um estabelecimento educacional em Simferopol, capital da Crimeia.

Guarda Nacional da Rússia diz que Ponte da Criméia está protegida do ar, da terra e da água

Ponte da Criméia (Foto: Sergei Malgavko/Tass).

Águas adjacentes são patrulhadas por embarcações da Guarda Nacional e mergulhadores de combate inspecionam os suportes da ponte embaixo d’água.

ISI, a agência de inteligência militar do Paquistão

O ISI (Inter-Services Intelligence), a principal agência de inteligência do Paquistão, é responsável pela segurança nacional do país. No entanto, desde seu início as autoridades paquistanesas lhe atribuíram também atividades relacionadas à política interna, e a organização acabou por acumular enorme poder e influência.

Bilionários, democracia e poder: Vladimir Putin e os oligarcas da Rússia

Após a queda da União Soviética, a Rússia de Boris Yeltsin foi dominada por um grupo de bilionários que ficou conhecido como “os oligarcas”. Por meio de esquemas escusos, eles acumularam fortunas gigantescas e controlaram os meios de comunicação e a economia do país. Quando ascendeu ao poder, Vladimir Putin pôs fim a essa geração de bilionários que controlavam o estado – e substituiu-os por outra, sob seu controle.

Operações Especiais e Tomada de Decisões

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública realiza seu Encontro Anual de 2020, que este ano será virtual. Acompanhe a Mesa de Debates sobre “Operações Especiais e Tomada de Decisões” com a participação de especialistas na área, na próxima sexta-feira 11 de dezembro às 14h30.

O avanço geopolítico da Rússia de Vladimir Putin

Com o fim da URSS e a queda do Pacto de Varsóvia, no início dos anos 1990, a Rússia perdeu os “estados-tampão” que lhe traziam segurança; Vladimir Putin, em discurso proferido em 2005, afirmou que essa foi a maior catástrofe geopolítica da história da Rússia. Desde o início de suas gestões –como primeiro-ministro e como presidente –, ele vem trabalhando para restabelecer os “amortecedores estratégicos” perdidos.