F-35 vence licitação dos novos caças suíços

O caça Lockheed Martin F-35A Joint Strike Fighter (Foto: Kristine Legate/USAF).

Além das 36 unidades do caça stealth, a Suíça também vai comprar cinco sistemas de defesa antimísseis Patriot da Raytheon Technologies.

Decisão de US$ 6,5 bi sobre novo caça da Suíça está próxima

Dois caças F/A-18 Hornet da Força Aérea Suíça decolam na base de Payerne, Suíça, em 25 de agosto de 2020 (Foto: Denis Balibouse/Reuters).

A Força Aérea da Suíça precisa substituir seus atuais caças Northrop F-5E/F Tiger II e Boeing F/A-18 Hornet, que saem de serviço em 2030.

Airbus oferece montar o Eurofighter na Suíça para ganhar concorrência de US$ 6,5 bilhões

Jato Eurofighter da força aérea alemã decola na base de Laage, em Mecklenburg-Vorpommern, Alemanha (Foto: Annegret Hilse/Reuters).

Governo suíço está dividido entre os que são a favor do F-35 e os que preferem um acordo europeu para suavizar as relações com a UE depois que a Suíça rejeitou um tratado bilateral.

Lockheed Martin F-35 lidera avaliação de novo caça a jato suíço

Formação de caças F-35 Lightning II da USAF durante exercício no Utah Test and Training Range, em 19 de novembro de 2018 (Foto: Cory D. Payne/USAF).

Governo suíço decidirá entre o Airbus Eurofighter, o Dassault Rafale, o Boeing F/A-18 Super Hornet ou o Lockheed Martin F35-A.