Lockheed Martin F-35 lidera avaliação de novo caça a jato suíço

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Formação de caças F-35 Lightning II da USAF durante exercício no Utah Test and Training Range, em 19 de novembro de 2018 (Foto: Cory D. Payne/USAF).

Formação de caças F-35 Lightning II da USAF durante exercício no Utah Test and Training Range, em 19 de novembro de 2018 (Foto: Cory D. Payne/USAF).

O F35-A Lightning II da Lockheed Martin teve o melhor desempenho em uma avaliação suíça de qual jato de combate comprar, embora a decisão política final ainda esteja aberta, informou a emissora suíça SRF na segunda-feira, citando três fontes não identificadas.

O governo deve decidir este mês entre o Eurofighter da Airbus, o Rafale da Dassault da França, o F/A-18 Super Hornet da Boeing ou o F35-A.

Os eleitores suíços em setembro apoiaram o plano do governo de gastar até seis bilhões de francos suíços (US$ 6,53 bilhões) em novos caças em um referendo surpreendentemente apertado.

“De acordo com insiders, a Suíça pode comprar um número maior de F-35 com os seis bilhões de francos suíços orçados do que seria o caso com os demais três concorrentes. O simulador do F-35 também pode ser uma vantagem: permitiria o realizar significativamente mais missões de treinamento virtual do que os competidores”, disse o programa investigativo da SRF, Rundschau, no resumo de uma reportagem que vai ao ar na quarta-feira. O ministério da defesa não quis comentar.


LIVRO RECOMENDADO

F-35 Joint Strike Fighter: DOD Programs

  • U.S. Department of Defense (Autor)
  • Em inglês
  • Capa comum

A aeronave substituirá a antiga frota suíça de 30 F/A-18 Hornet, que sairá de serviço em 2030. Novos jatos serão entregues até 2025.

Pelo menos dois dos sete membros do Gabinete prefeririam um caça a jato europeu, disse a SRF, enquanto os críticos prometeram lançar uma campanha de referendo sob o sistema suíço de democracia direta contra qualquer decisão de comprar um caça a jato dos EUA.

Fonte: Reuters.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também