ABIMDE se torna Organismo de Certificação de Produtos de Defesa e Segurança

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
ABIMDE Certificacao


A ABIMDE se tornou oficialmente um Organismo de Certificação de Produtos (OCP), acreditando-se dessa forma a certificar Produtos Controlados pelo Exército (PCE). A partir de agora todo o fluxo de certificação dos produtos poderá ser feito pela Entidade.

“Esse é um presente para a Base Industrial de Defesa e Segurança, que passa a contar com uma opção de prazos reduzidos e previsíveis, além de custos acessíveis”, ressalta o presidente da associação, Dr. Roberto Gallo.

O processo realizado pela ABIMDE, para se tornar um OCP, levou quatro meses, bem abaixo do tempo médio, que oscila entre sete a oito meses. Além disso, o processo foi concluído sem nenhuma não-conformidade.

“Este feito coloca a ABIMDE em um novo ambiente regulatório. Esse passo é possível graças às novas regulamentações lançadas pelo Exército e pela Secretaria Nacional de Segurança Pública”, analisa o diretor técnico da entidade, coronel Armando Lemos. “Isto vai agilizar o lançamento de novos produtos no mercado reduzindo os prazos e aumentando a competitividade da indústria”.

Entre os PCEs que poderão ser certificados pela ABIMDE estão armas de fogo, munições, coletes e capacetes balísticos, blindagens automotivas, armas e munições menos letais, espargidores de pimenta, explosivos e pirotécnicos.

Foi em março deste ano que o INMETRO iniciou o programa para acreditar OCPs para Produtos Controlados pelo Exército (PCE).


LIVRO RECOMENDADO

Prisioneiros da geografia: 10 mapas que explicam tudo o que você precisa saber sobre política global

  • Tim Marshall (Autor)
  • Em Português
  • Kindle ou Capa comum

“A intenção do programa de acreditação da certificação de produtos controlados pelo Exército é trazer dinamismo para este mercado. Frente ao crescimento desta demanda ao longo dos anos, alguns fabricantes encontravam dificuldade em acessar o mercado brasileiro pela capacidade limitada de aprovação de seus produtos pelo Exército”, analisa Maurício Pereira, chefe da Divisão de Acreditação de Organismos de Certificação e Verificação (DICOR) do INMETRO.

O selo INMETRO é um símbolo de qualidade para qualquer produto, pois demonstra que ele foi testado, aprovado e segue todas as especificações necessárias. Ou seja, os produtos que apresentam o selo têm a qualidade comprovada e fornecem a segurança ideal aos consumidores.

A certificação de produtos controlados é compulsória. O fabricante ou importador que não tiver o produto certificado não poderá comercializá-lo.

A partir de setembro de 2022 todos os PCE importados terão que ser certificados, seguindo as mesmas normas aplicadas aos produtos nacionais. Isto sempre foi um reclamo da indústria nacional e motivo de diversas propostas da ABIMDE aos órgãos governamentais. O novo ambiente regulatório, que trará isonomia de tratamento entre os produtos nacionais e os produtos importados, foi possível com o apoio e atuação diligente da Secretaria de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa.

A ABIMDE, com seu corpo técnico altamente qualificado e trazendo todo o conhecimento e prestígio acumulado nos seus mais de 36 anos de existência, poderá fornecer o selo de conformidade de produtos ao mercado de Defesa e Segurança, agregando confiabilidade e mais valor aos produtos nacionais.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também