O Type 002, o terceiro porta-aviões da China

Banner-ADG

Albert-VF1 Por Albert Caballé Marimón
5cd183ac021b4c051e72ffe3-2732-1366

Navios de guerra e aviões de combate da marinha chinesa no mar do Sul da China (Foto: Reuters)


O Liaoning (Type 001), porta-aviões chinês de 66.000 toneladas construído a partir de um casco soviético adquirido à Ucrânia, é hoje a nau-capitânia da Marinha do Exército de Libertação Popular, a marinha chinesa. A China está perto de lançar ao mar seu segundo porta-aviões, o Type 001A, o primeiro construído localmente.

Este segundo porta-aviões, baseado no Liaoning, completou recentemente seu quinto teste de mar, e o Pentágono acredita que ele “provavelmente se juntará à frota até o final de 2019”. Ambos são navios de propulsão convencional e operam com Ski Jump/STOBAR (do inglês Short Take-Off But Arrested Recovery).

O terceiro navio

Embora a China não reconheça oficialmente, em novembro passado a mídia estatal chinesa confirmou rumores de uma “nova geração de porta-aviões”. No início de maio passado, o DoD (Departamento de Defesa dos EUA) informou que o novo navio está de fato em construção.

Segundo o DoD, espera-se que este seja significativamente maior que o Liaoning e opere com sistema CATOBAR (do inglês Catapult Assisted Take-off But Arrested Recovery). O porta-voz do DoD acrescentou ainda que “esse projeto permitirá que ele suporte mais aeronaves de combate, aeronaves de alerta antecipado de asa fixa e maior rapidez nas operações de voo”.


Jiangnan_Shipyard_APR2019-04-compressor

Imagem de satélite mostra o que parece ser a construção de um terceiro porta-aviões chinês no estaleiro de Jiangnan, em Xangai, no dia 17 de abril (Foto: HANDOUT / Reuters)


Imagens de satélite analisadas pelo CSIS (Center for Strategic and International Studies, Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais) confirmam a construção e trazem pela primeira vez indícios da aparência do novo navio. “A construção de um terceiro porta-aviões parece estar em andamento no Estaleiro Jiangnan da China”, informou o CSIS. “Imagens de satélite comerciais coletadas em 17 de abril de 2019 mostram atividade significativa.”

As fotos indicam que a proa e o casco já estão sendo construídos. O CSIS acrescentou que “embora os detalhes sobre o Type 002 sejam limitados, o que se observa em Jiangnan é consistente com o que se espera para o terceiro porta-aviões da Marinha do Exército de Libertação Popular”.


Captura de Tela 2019-06-20 às 18.50.07

Comparativo entre os porta-aviões chineses. os dados do Type 002 devem se alterar à medida que mais informações estiverem disponíveis.


Especula-se que o Type 002 terá deslocamento significativamente maior que os tipos anteriores e deverá estar operacional em 2022.

Em janeiro, um especialista naval chinês afirmou que a China precisa de pelo menos três porta-aviões para defender seus interesses globais. “Nosso país tem uma costa de 18.000 km. Além disso, nossa economia é voltada para o exterior e nossos interesses globais estão aumentando”, disse o comodoro Zhang Junshe, membro do Instituto de Pesquisa Naval.


Fontes: CSIS/China Power, The Guardian, Business Insider.


RECOMENDADOS PELO VELHO GENERAL

Captura de Tela 2019-06-04 às 09.18.54 Sobre a China

  • por Henry Kissinger (Autor), Cássio de Arantes Leite (Tradutor)
  • Em português
  • Versões eBook Kindle e Capa Comum
Captura de Tela 2019-06-20 às 19.09.12 The Illustrated Guide to Aircraft Carriers of the World

  • por Bernard Ireland (Autor)
  • Em inglês
  • Capa Comum

Anúncios

  9 comments for “O Type 002, o terceiro porta-aviões da China

  1. Rafael Jesus
    20/06/2019 às 20:05

    Interessante, vamos ver como será esse porta aviões chinês.

    Curtido por 1 pessoa

  2. 21/06/2019 às 17:42

    Os Chineses seguem a filosofia do fazendo e aprendendo.

    Curtido por 1 pessoa

  3. dbatta
    22/06/2019 às 12:47

    Gostei do ultimo paragrafo “Em janeiro, um especialista naval chinês afirmou que a China precisa de pelo menos três porta-aviões para defender seus interesses globais. “Nosso país tem uma costa de 18.000 km. Além disso, nossa economia é voltada para o exterior e nossos interesses globais estão aumentando”, disse o comodoro Zhang Junshe, membro do Instituto de Pesquisa Naval.”
    ou seja
    1 Porta Aviões para 6000 km/milhas náuticas (?!?)… com esse tipo de pensamento A Marinha Brasileira teria que ter 34 porta aviões… nem os Norte Americanos pensam assim…

    Curtido por 1 pessoa

    • 22/06/2019 às 15:42

      Dbatta, a extensão da costa brasileira é de 7.400km. Pelo raciocínio do chinês, precisaríamos de um. Mas não sei que métodos ele usou para chegar nesse cálculo.

      Curtido por 1 pessoa

      • dbatta
        24/06/2019 às 13:18

        rs!!!
        200.000
        não sei de onde tirei esse numero…
        Agora que o imbróglio mental foi resolvido a citação faz sentido.
        Obrigado

        Curtido por 1 pessoa

      • 24/06/2019 às 15:20

        Acontece!

        Curtido por 1 pessoa

  4. dbatta
    22/06/2019 às 12:49

    Não me lembro das palavras ou detalhes mas o império Japonês e o III Reich quando perguntados nos anos 30 sobre o aumento das “Frotas e Forças” respondeu na mensa linha….

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: