Radar Semanal 12/02/2021

Neste Radar, sanções americanas a Mianmar, uma breve análise dos mísseis do Paquistão, a bomba nuclear do Irã de acordo com a inteligência da IDF; os EUA e países da OTAN intensificam operações no Mar do Sul da China e uma análise do Al-Monitor sobre a atuação da Rússia na Líbia.

A demissão do Secretário da Marinha americana

Na sequencia dos episódios envolvendo a infecção da tripulação do porta-aviões USS Theodore Roosevelt por COVID-19 e a demissão de seu comandante, o capitão Crozier pelo vazamento de e-mail com informações sensíveis, o secretário interino da Marinha americana, Thomas Modly, pede demissão.

O comandante Crozier, o USS Theodore Roosevelt e o coronel Roosevelt: uma ironia da História

A História é por vezes irônica. No recente episódio do afastamento do capitão Crozier do comando do porta-aviões USS Theodore Roosevelt, o antigo comandante dos “Rough Riders”, que deu nome à embarcação, foi protagonista de um episódio similar.

Carta do comandante Crozier (USS Theodore Roosevelt)

Tradução livre da íntegra da carta do capitão Brett Crozier, afastado do comando do porta-aviões nuclear USS Theodore Roosevelt, enviada ao alto comando da Marinha Americana cujo conteúdo vazou e veio a público.

Liderança Militar em tempos de crise

Liderança militar vai além de comandar uma unidade (seja qual for sua magnitude) ou ser bem quisto por seus subordinados. A preocupação com os comandados é dever de um líder, mas ela deve ser gerida de acordo e na medida das diretrizes do comando superior, da instituição e, acima de tudo, dos interesses da Nação.

Declaração do Secretário da US NAVY sobre o afastamento do Comandante do USS Theodore Roosevelt (CVN 71)

O episódio da demissão do comandante do porta-aviões americano USS Theodore Roosevelt, o capitão Brett Crozier, encerram lições de liderança que vão muito além da competência para comandar um navio e ser reconhecido pela tripulação. Na decisão do Secretário da Marinha (US Navy) e dos altos comandantes que a subsidiaram, a questão não é o caráter do capitão Crozier, mas ele cometeu um erro grave ao expor a cadeia de comando, alarmar desnecessariamente a tripulação, as famílias e a população americana, permitir o vazamento de informações sensíveis e, principalmente, dentro do atual cenário geopolítico, passar uma percepção incorreta aos potenciais adversários dos EUA, num claro recado à China.