O acordo econômico China-Irã e suas consequências no campo militar

Aeronaves militares revisadas entregues à Força Aérea do Irã em 20 de fevereiro de 2020 (Foto: MEHR).

O acordo bilionário firmado entre a China e o Irã, e o consequente estreitamento dos laços entre os países, deverá abrir caminho para contratos de exportação de aeronaves chinesas ao país persa, além de oportunidades nos mercados de aviação militar do Oriente Médio.

Irã, a Fênix do Oriente Médio

Vista panorâmica de Persépolis, capital cerimonial do Império Persa, no sudoeste do Irã (Foto: Carole Raddato/Wikimedia Commons/CC BY-SA 2.0).

No decorrer de sua longa história, o Irã, antigo Império Persa, foi capaz de manter sua identidade como civilização, mesmo tendo sido conquistado diversas vezes. Especialmente no Oriente Médio, conhecer a história ajuda a entender a atualidade, pois ali, o que aconteceu há séculos ainda é lembrado e vivenciado por muitos cidadãos comuns.

Cronologia do programa nuclear iraniano

Embora não seja possível determinar com certeza se o programa nuclear iraniano contempla a construção de armas, é fato que, ao longo dos anos, o país desenvolveu uma série de tecnologias, como enriquecimento de urânio e sistemas de mísseis, que tornam isso possível em um espaço de tempo relativamente curto. Teerã sempre negou essa possibilidade, afirmando que seu programa se destina a fins pacíficos.