Putin instrui governo a apoiar expedição internacional ao Ártico

Foto: Ministério da Defesa Russo.

Órgãos do governo russo vão considerar as propostas da Sociedade Geográfica Russa sobre o fornecimento de apoio a uma expedição de pesquisa científica internacional na zona ártica da Federação Russa e nos territórios dos Estados membros do Conselho Ártico.

Ministro da Defesa da Rússia diz que país continuará a desenvolver infraestrutura militar no Ártico

Membros de uma unidade de reconhecimento da brigada de infantaria mecanizada do Ártico da Frota do Norte conduzem exercícios militares e aprendem a andar de trenó puxado por cães (Foto: Lev Fedossev/The Arctic Institute).

O Ministro da Defesa russo lembrou que foi construída uma pista com 3.500 metros de extensão em Nagurskaya, na Ilha Alexandra Land, que pode receber todos os tipos de aeronaves.

Pentágono monitora atividade militar da Rússia no Ártico

Submarino USS Hartford emerge perto do Acampamento Sargo durante o Exercício do Gelo 2016 no Círculo Polar Ártico em 19 de março de 2016 (Foto: Tyler Thompson/Marinha dos EUA).

Os EUA estão observando a atividade da Rússia no Ártico, disse John F. Kirby, secretário de imprensa do Departamento de Defesa, e há interesses de segurança nacional que eles defenderão.

O que esperar da política internacional em 2021?

Se o ano de 2020 não foi fácil, os primeiros sinais de 2021 parecem mostrar que não haverá muito alívio. Em geopolítica, previsões são sempre impossíveis – e arriscadas –, mas é possível antecipar alguns assuntos que deverão manter 2021 em efervescência – e um ano de muito trabalho para os analistas de geopolítica. Definitivamente, não haverá tédio.

As atividades (estratégicas) chinesas no Ártico

Os chineses vêm realizando expedições ao Ártico desde 1999 e teriam construído sua primeira base de pesquisa na ilha de Svalbard em 2004. Suas atividades árticas mais conhecidas são principalmente econômicas, especialmente uma cooperação energética com a Rússia, parte do esforço de Pequim para eliminar sua dependência de carvão para geração de energia e reforçar, de modo geral, a segurança de sua matriz energética.

A Operação Coldfeet

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES: Durante a Guerra Fria, os Estados Unidos e a União Soviética competiam por qualquer vantagem, incluindo pesquisas no Ártico, dado o valor estratégico da região. Durante sete dias, em maio de 1962, a comunidade de inteligência dos EUA conseguiu uma rara oportunidade de coletar informações em primeira mão de uma estação de pesquisa soviética abandonada no alto do Ártico, no que ficou conhecido como Operação Coldfeet.

A Rússia e o Ártico

Além de ser uma importante rota comercial que pode economizar tempo e dinheiro, estimativas indicam que cerca de 13% do petróleo e 30% do gás natural por ser descoberto estão dentro do Círculo Polar Ártico; a região abriga também jazidas de ouro, magnésio, níquel, cobalto e prata. Tem também importância militar suficiente para justificar a criação, em 2014, do Comando Estratégico Conjunto da Frota do Norte.