Chefe da Guarda Costeira dos EUA diz que é preciso maior presença em ambas as regiões polares

O cutter Healy, quebra-gelo polar da Guarda Costeira americana, transita pelas águas do sudeste do Alasca em 24 de novembro de 2018 (Foto: Kellen Browne/US Coast Guard).

Almirante disse que a China vem operando ao largo do Alasca por anos, e a Rússia está construindo uma frota cada vez maior de quebra-gelos para uso na Rota do Mar do Norte.

Decifrando o código das milícias marítimas da China

Nesta imagem da Força Tarefa Nacional do Mar das Filipinas Ocidental, navios chineses estão atracados no Whitsun Reef, no Mar do Sul da China, em 27 de março de 2021 (Foto: Governo das Filipinas).

Um navio de pesca chinês aparece em um local sensível – perto das Ilhas Senkaku no Mar da China Oriental, um recife do Mar do Sul da China ou ao largo de uma base aeronaval dos EUA. É um barco de pesca “comum” ou é uma milícia marítima?

Filipinas acusam a China de “desafios perigosos” no Scarborough Shoal

A Guarda Costeira filipina diz que dispersou navios da milícia chinesa perto do Sabina Shoal, no Mar do Sul da China, no final de abril (Foto: Guarda Costeira das Filipinas/AP).

Manila diz que dois de seus navios foram afetados durante patrulhas e exercícios na área. O protesto ocorre no momento em que Pequim proíbe a pesca em grande parte da disputada hidrovia.

Ministro filipino “perde a linha” com a China na questão do Scarborough Shoal

Embarcações das Guardas Costeiras filipina e chinesa se cruzam perto do Scarborough Shoal, no Mar do Sul da China (Foto: AFP).

Secretário de Relações Exteriores das Filipinas, Teodoro Locsin, chama a China de “idiota feio” no Twitter e exige que Pequim retire navios de pesca do Scarborough Shoal. Especialista alerta que a China pode ignorar a guerra de palavras, e “flexionar sua força militar”.

Taiwan revela navio da Guarda Costeira que funciona como vaso de guerra

A presidente taiwanesa, Tsai Ing-wen, esteve na cerimônia em que o Chiayi, novo navio da Guarda Costeira de Taiwan, foi comissionado no porto de Kaohsiung (Foto: Reuters).

O Chiayi é o primeiro de uma frota da Guarda Costeira que pode ser convertido em navio de combate para aumentar a defesa das Ilhas Pratas e Taiping, controladas por Taiwan.

EUA disparam tiros de advertência contra barcos de ataque rápido iranianos

O Harth 55, da marinha do IRGC, à esquerda, cruza a proa do barco de patrulha da Guarda Costeira americana USCGC Monomoy, à direita, enquanto este patrulhava ao sul do Golfo Pérsico (Foto: US Navy).

De acordo com a marinha americana, o menor ponto de aproximação entre as embarcações foi de 68 jardas tanto para o Firebolt quanto para o Baranoff.

Monitorado pela Frota do Mar Negro da Rússia, USCGC Hamilton passa pelo Bósforo

Foto: Pinterest/Defpost.com.

O USCGC Hamilton vai ao Mar Negro na primeira visita de um cúter da Guarda Costeira americana desde 2008. A Sexta Frota dos EUA informou que o navio vai “apoiar aliados e parceiros da OTAN”.

Guarda Costeira das Filipinas realiza exercícios no Mar do Sul da China

Foto fornecida ontem pela Guarda Costeira das Filipinas mostra pessoal em um exercício marítimo perto da Ilha de Thitu, no Mar da China Meridional (Foto: Guarda Costeira das Filipinas/AFP).

Manila implantou mais navios de patrulha, incluindo da Guarda Costeira e navios da Marinha, para intensificar a vigilância e prevenir a pesca ilegal.

Radar Semanal 26/03/2021

Foto: Prefectura Naval Argentina.

Nesta edição do Radar, uma análise do SCMP sobre a união de China e Rússia frente às sanções americanas; artigo da Foreign Affairs avalia que a atual competição entre China e EUA, embora perigosa, não configura uma nova Guerra Fria; no Defense News, os exercícios militares greco-sauditas e possíveis impactos nas relações com os turcos; na Time, as estimativas dos impactos globais do bloqueio no Canal de Suez; e uma análise da expansão da influência chinesa na América do Sul, especialmente na Argentina, e a fraca reação dos EUA.

A Coreia do Norte poderia ter lançado cópias dos mísseis russos Iskander, diz especialista japonês

Imagem: Jeon Heon-Kyun/EPA-EFE.

A Coreia do Norte lançou dois mísseis balísticos em direção ao Mar do Japão na quinta-feira, pela primeira vez desde 29 de março do ano passado