Um novo diabo

Imagem: Donna Kirby/Pixabay.

O sistema ideológico globalista: é melhor o diabo que conhecemos, ou um novo?

Unidade das forças especiais alemãs sobreviverá a “escândalo de extrema direita”

Soldados do Comando das Forças Especiais da Alemanha (KSK) participam de exercício perto de Putgarten, Alemanha, em setembro de 2015 (Foto: Hannibal Hanschke/Reuters).

A ministra da Defesa alemã, Annegret Kramp-Karrenbauer, disse que a unidade do KSK, o Comando de Forças Especiais, continuará existindo e que “está claro que precisamos das capacidades militares exclusivas fornecidas pelo KSK”.

Ex-comando, Naftali Bennett torna-se primeiro-ministro de Israel

Naftali Bennett, o novo primeiro-ministro de Israel (Foto: Amir Levy/Getty Images).

Naftali Bennett cresceu em Haifa, no norte de Israel, e fez parte da Sayeret Matkal, unidade de reconhecimento de elite do exército israelense.

Radar Semanal 20/11/2020

Entre outros, uma análise dos mísseis convencionais da China; o teste de um interceptador de ICBM lançado por destróier americano no Pacífico; um acordo Grécia-Emirados em meio às tensões com a Turquia; reportagem da Al Jazeera sobre Emmanuel Macron, da França; ataque de Israel à instalações iranianas na Síria; general americano afirma que o ISIS ainda é uma ameaça de longo prazo.

Democracia morre na escuridão, mas não culpe Trump

Em artigo publicado no The Wall Street Journal em 13 de julho passado, Gerard Baker discorre sobre a onda contra a liberdade de expressão em curso nos EUA. É possível encontrar muitos paralelos com o cenário a que assistimos hoje no Brasil, apenas substituindo os nomes de alguns atores e instituições.

O descarte dos Cães de Guerra

Com o fim do regime militar em 1985 e a ascensão da esquerda ao poder, teve início um processo de “esvaziamento” do entendimento da Lei da Anistia e o aparelhamento da imprensa e da academia. A chamada Comissão da Verdade, em tese criada para apurar violações dos direitos humanos entre 1946 e 1988, foi formada inteiramente por militantes de esquerda concentrou-se apenas no período do regime militar. Longe de atuar com isenção, teve por objetivo colocar no banco dos réus apenas um lado.