Pelo menos 50 mortos no dia mais sangrento de Mianmar

Protestos em Mianmar (Foto: Anadolu).

Repressão mais violenta ocorre após a junta governante alertar os manifestantes sobre o risco de serem baleados na cabeça e nas costas.

Pensamento do marechal Castello Branco

“Acreditam os senhores que o Exército tenha dentro de suas fileiras um conflito ideológico? Já se pode dizer que a luta entre duas ideologias que, de fato, lavra em setores da nossa nação, tenha se prolongado no Exército? Pessoalmente, eu não acredito.”

Crise em Mianmar

A crise desencadeada pelo golpe de estado em Mianmar, antiga Birmânia, no último dia 1º de fevereiro, oferece uma interessante possibilidade de avaliar as posições e comportamentos das potências em confronto: de um lado a China, com interesses econômicos no país, e do outro, o novo governo dos EUA (e, em sua esteira, a UE), eleito sob a bandeira da defesa dos direitos humanos.

Desestabilização: a atual ameaça à ordem pública brasileira

Quando se trata de desestabilizar um regime de governo, as forças opositoras podem lançar mão de diversos estratagemas, muitas vezes pouco conhecidos do grande público, que vão desde a criação de narrativas até a infiltração de agentes com os mais diversos objetivos. Cabe às forças de segurança trabalhar com inteligência no sentido de prever esses movimentos e evitar as armadilhas.

Radar Semanal 06/02/2021

EXCLUSIVO ASSINANTES: Nesta edição, o golpe de estado em Mianmar, no sudeste asiático, uma análise de como a eleição de Joe Biden pode afetar as relações entre Israel e a Turquia, e um acadêmico americano acredita que o alinhamento ideológico pode estar empurrando os Estados Unidos ao totalitarismo.

Radar Semanal 15/01/2021

Nesta edição, artigo do Military Times mostra que a Guarda Nacional ocupa o Capitólio, e o Army Times traz matéria em que o Exército americano, seguindo o Estado Maior, também emite nota exortando os militares a manterem a ordem. O Irã volta a violar o acordo nuclear, a Bielorrússia vai atualizar seus sistemas de defesa aérea e a India monta grupo de trabalho com o Japão e a Rússia para uma cooperação trilateral no extremo oriente russo; o Japão saúda os planos ingleses de enviar um porta-aviões à Asia. Também uma análise do ASP sobre as principais questões nucleares de 2021 e uma análise sobre a prisão americana de Guantánamo, em Cuba.

Bilionários, democracia e poder: Vladimir Putin e os oligarcas da Rússia

Após a queda da União Soviética, a Rússia de Boris Yeltsin foi dominada por um grupo de bilionários que ficou conhecido como “os oligarcas”. Por meio de esquemas escusos, eles acumularam fortunas gigantescas e controlaram os meios de comunicação e a economia do país. Quando ascendeu ao poder, Vladimir Putin pôs fim a essa geração de bilionários que controlavam o estado – e substituiu-os por outra, sob seu controle.

Radar Semanal 08/01/2021

No primeiro Radar Semanal de 2021, algumas repercussões da invasão do Capitólio, um acordo de defesa entre Israel e a Grécia, a tumultuada – e perigosa – relação entre a India e o Paquistão, um possível voo de espionagem americano próximo à Coreia do Norte e a intenção da US Navy de patrulhar o Ártico, região de atuação da poderosa Frota do Norte da Marinha da Rússia.

Radar Semanal 31/12/2020

Em virtude do feriado de Ano Novo, esta semana antecipamos em um dia o Radar Semanal, tal como aconteceu no Natal. Na próxima semana, o Radar retorna às sextas-feiras. O Velho General deseja a todos os assinantes uma passagem de ano abençoada junto a seus familiares e amigos, e que 2021 seja um ano de paz, amor, saúde e prosperidade.

Radar Semanal 24/12/2020

Em virtude do feriado de Natal, esta semana antecipamos em um dia o Radar Semanal, que também está um pouco mais resumido. O Velho General deseja a todos os assinantes um dia de Natal abençoado por Deus junto a seus familiares e amigos.