Insegurança à Espreita (Inteligência de Segurança X Intervenção em Ambiente Hostil)

Eficiência e rapidez nos sistemas de comunicação, transportes e informação eliminaram tradicionais barreiras para o crime, globalizando atividades ilícitas. No contraponto, a contra-inteligência e o desenvolvimento de sistemas de informação auxiliam na tomada de decisões e intervenção nos acontecimentos. Ainda assim é relevante ressaltar que a gestão, integração e difusão de informações são aspectos de fundamental importância.

Epílogo: A Verdade Sufocada

Epílogo do livro “A Verdade Sufocada” pelo General Luiz Eduardo Rocha Paiva, homenagem ao Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra (28/07/1932–15/10/2015)
Coronel Ustra, o Heroico “Doutor Tibiriçá – O Vigilante da Terra”

O impulso estratégico chinês

A intensa atuação da China em três frentes geopolíticas importantes, ao mesmo tempo em que a comunidade internacional trata de lidar com a pandemia da COVID-19 e em meio a crescentes tensões e críticas por parte dos EUA, sugerem que Pequim sente-se confiante de suas capacidades econômicas e militares.

O pensamento crítico e criativo no combate do Século XXI

Hoje a informação é produzida em quantidades gigantescas e disseminada por meios e velocidades inéditas. Nesse contexto, a capacidade de discernir com rapidez entre o que é ou não relevante ou verdadeiro, evitando (ou engendrando) armadilhas é fundamental.

Cinco lições de pandemias passadas

Pandemias tem assolado a humanidade no decorrer dos séculos; a atual crise provocada pela COVID-19 é apenas mais uma da longa sequência de pestes que, periodicamente, nos atingem. O estudo desses episódios traz lições que continuam válidas atualmente e algumas tendências já podem ser observadas. Como sempre, a História é mestra.

Braço Forte, Mão Amiga: as Operações Controle e Acolhida em Roraima

A crise humanitária em Roraima, no extremo norte do Brasil, desencadeada pelo fluxo migratório de venezuelanos em busca de melhores condições de vida, expôs mais uma faceta dos problemas vividos no país vizinho. Isso exigiu um esforço logístico e de coordenação nos níveis político, estratégico, operacional e tático, incluindo pessoas, autoridades e organismos nacionais e internacionais. Tarefa que as Forças Armadas, notadamente o Exército, cumprem de forma exemplar.