Sete aeronaves de combate do PLA entram na ADIZ de Taiwan dois dias após surtida recorde

O caça J-7, mais antigo, estava entre os sete aviões na última investida chinesa na ADIZ de Taiwan (Foto: SCMP).

Taiwan enviou jatos, emitiu avisos de rádio mobilizou sistemas de mísseis de defesa aérea; sobrevoo incluiu quatro caças J-7 antigos juntamente com jatos modernos, e analistas dizem que poderia ser um teste de interoperabilidade.

Taiwan relata a maior incursão da Força Aérea chinesa

Caças Shenyang J-16 (Foto: PLAAF).

Foi a maior incursão chinesa na ADIZ de Taiwan desde o recorde anterior de 25 aeronaves relatado em 12 de abril passado.

A US Navy está pronta para reparar navios danificados em combate em tempo de guerra?

Marinheiros se preparam para simulação de emergência de combate a bordo do destroier USS Mason durante exercício de controle de danos em 2014 (Foto: US Navy).

Relatório do GAO (Government Accountability Office) afirma que, após a Guerra Fria, a US Navy alienou muitas de suas capacidades de reparo de navios em combate.

Comandante dos US Marines diz que o Corpo precisa restaurar sua competência anfíbia

Veículos de assalto anfíbio transportando uma unidade de fuzileiros para o navio de assalto anfíbio USS Peleliu durante o exercício RIMPAC 2014 (Foto: Dustin Knight/US Navy).

O comandante dos US Marines, general David Berger, disse que no início de sua carreira realizava treinamentos trimestrais de operações anfíbias, o que os fuzileiros navais modernos não fazem.

Radar Semanal 04/06/2021

Artigos recentes da internet na China alegam que o bombardeio da OTAN em 1999 contra a embaixada de Pequim na Iugoslávia foi intencional, alegando que a embaixada abrigava secretamente os restos mortais de um caça stealth americano F-117 Nighthawk abatido na região semanas antes (Foto: Reuters).

No Radar desta semana, um artigo questiona se não há interesses escusos por trás das críticas ao F-35; uma análise geopolítica dos interesses no Chifre da África; uma avaliação do recente pedido de desculpas francês pelo genocídio em Ruanda; e uma curiosa história, talvez incrível demais, sobre qual seria a verdadeira razão do bombardeio da embaixada chinesa na Iugoslávia em 1999.

Tensão se agrava entre Armênia e Azerbaijão em meio a acusações

Soldados de etnia armênia fumam do lado de fora de um hospital em Nagorno-Karabakh (Foto: Reuters).

Armênia afirma que um soldado de seu país foi morto em tiroteio com forças azeris na fronteira leste com o Azerbaijão, que acusa as forças armênias de disparar contra suas tropas na fronteira.

Rússia e Índia realizarão exercícios conjuntos Indra-2021 em agosto

Membros do serviço das forças aerotransportadas russas caminham antes de embarcar nos aviões de transporte Ilyushin Il-76 durante os exercícios em um aeródromo militar no porto marítimo de Azov de Taganrog, Rússia, 22 de abril de 2021 (Foto: Stringer/Reuters).

O plano de treinamento de combate de tropas do Distrito Militar do Sul da Rússia também estipula a participação em exercícios internacionais com as unidades das forças armadas da Abkhazia, Ossétia do Sul, Armênia, Argélia, Índia, Cazaquistão e Paquistão.

O F-22 será aposentado, mas não antes de a USAF se sentir segura com o sucessor.

F-22 (Foto: Bryan Myhr/USAF).

As limitações do F-22 incluem o pequeno tamanho da frota, que contribui para altos custos operacionais, alcance relativamente curto e magazine de armas pequeno.

Saab entregará simuladores de Carl-Gustaf M4 à Letônia

Imagem: Saab.

As Forças Armadas da Letônia utilizam o sistema Carl-Gustaf há mais de duas décadas e fizeram a encomenda de Carl-Gustaf M4 em Maio de 2020.

Novo MiG-35 está em fase final de testes

Foto: Tass.

Aeronave foi projetada para operar em áreas de conflitos armados de alta intensidade sob uma densa e multifacetada defesa aérea inimiga.