Ministro da Defesa japonês diz que é preciso “acordar” para proteger Taiwan

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Yasuhide Nakayama, então Ministro das Relações Exteriores do Japão, durante a Cúpula da Casa Branca sobre Combate ao Extremismo Violento em Washington, em 19 de fevereiro de 2015 (Foto: Joshua Roberts/Reuters).

Yasuhide Nakayama, então Ministro das Relações Exteriores do Japão, durante a Cúpula da Casa Branca sobre Combate ao Extremismo Violento em Washington, em 19 de fevereiro de 2015 (Foto: Joshua Roberts/Reuters).

O vice-ministro da Defesa do Japão alertou na segunda-feira sobre uma crescente ameaça representada pela colaboração chinesa e russa e disse que era necessário “acordar” para a pressão de Pequim sobre Taiwan e proteger a ilha “como um país democrático”.

Em declarações ao think tank Hudson Institute, o Ministro de Estado da Defesa do Japão, Yasuhide Nakayama, questionou se a decisão de muitos países, incluindo Japão e Estados Unidos, de seguir a política de “uma China” que reconhece Pequim em vez de Taipé desde os anos 1970 resistiria ao teste de tempo.

“Estava certo?” ele perguntou no evento online, referindo-se a como as gerações futuras julgarão os formuladores de políticas sobre a questão. “Não sei.”

Nakayama disse que os países democráticos devem proteger uns aos outros e observou que no passado ele havia se referido a Taiwan como uma “linha vermelha”. “Portanto, temos que proteger Taiwan como um país democrático.”

Nakayama disse que Japão e Taiwan são geograficamente próximos e acrescentou que se algo acontecer em Taiwan, afetará a prefeitura de Okinawa no Japão, onde as forças dos EUA e suas famílias estão baseadas.

Nakayama destacou as crescentes ameaças representadas pela China no espaço, na tecnologia de mísseis, no domínio cibernético e nas forças nucleares e convencionais, e disse que, sob a liderança do presidente Xi Jinping, teve “pensamento e vontade agressivos, agressivos”.

“Então, acorde. Temos que acordar”, disse ele.

A China afirma que Taiwan é parte integrante de seu território.


LIVRO RECOMENDADO:

Sobre a China

  • Henry Kissinger
  • Em português
  • Kindle ou Capa comum

“Deploramos as declarações errôneas do alto funcionário do governo japonês e apresentamos representações solenes”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, acrescentando que Nakayama havia “acusado falsamente” a China sobre “desenvolvimentos normais de defesa nacional”.

“Isso é altamente sinistro, perigoso e irresponsável. Este político também chamou abertamente Taiwan de país, em séria violação da declaração conjunta China-Japão”, disse Wang em uma entrevista coletiva. “Instamos o governo japonês a fazer um esclarecimento e garantir que isso não aconteça novamente.”

Nakayama disse que é necessário mostrar dissuasão à China e também à Rússia, que intensificou exercícios em território reivindicado pelos japoneses e próximo ao território americano do Havaí.

“Você pode ver a China e a Rússia colaborando, quando estão fazendo algum exercício militar perto de nossos vizinhos”, disse Nakayama, acrescentando que quer ver os Estados Unidos “cada vez mais fortes”.

Nakayama se referiu à decisão de Tóquio de descartar seu limite de 1% do PIB para os gastos com defesa. Ele disse que o Japão precisa gastar mais em armas, incluindo mísseis, e cortar custos, já que 50% de seu orçamento vai para pessoal.

Washington e Tóquio devem impulsionar a colaboração tecnológica em face de uma cooperação mais estreita entre a China e a Rússia, acrescentou ele.

Fonte: Reuters.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também