Lockheed Martin oferece jato de combate F-16 à Ucrânia

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Foto: Oleksandr Naumenko.

Foto: Oleksandr Naumenko.

A Ucrânia queria comprar caças novos ou usados ​​para substituir a frota de aeronaves antigas de fabricação soviética. A Força Aérea Ucraniana possui atualmente uma frota de interceptores Sukhoi Su-27 Flanker de projeto soviético e aeronaves MiG-29 Fulcrum.

De acordo com a Lockheed Martin, a empresa pode fornecer novos caças à Ucrânia ou modernizar aeronaves de combate de segunda mão. A empresa observou que o F-16 é o caça de 4ª geração provado em combate mais bem-sucedido do mundo. Até o momento, 4.588 caças F-16 foram produzidos e há aproximadamente 3.000 deles em operação em 25 países.


LIVRO RECOMENDADO

F-16 Fighting Falcon: American all-purpose combat machine

*** Pré-venda 15 novembro 2021 ***

  • Bertie Simmonds (Autor)
  • Em Inglês
  • Capa dura

Em conjunto com a USAF e vários clientes FMS de F-16, a Lockheed Martin certificou mais de 3.300 configurações e liberação para mais de 180 tipos de armas. A experiência da empresa como integradora fez do F-16 um dos mais versáteis caças multifunção.

A versão mais recente do F-16 Block 70/72, cuja produção em novembro de 2019, inclui recursos como o radar APG-83 AESA, cabine modernizada com novos recursos de segurança, armas avançadas, tanques de combustível conformais, motor de melhor desempenho e uma vida útil estrutural de 12.000 horas.

Fonte: Defence-Blog.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também