Israel vai pedir US$ 1 bilhão para reabastecer Iron Dome

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
O sistema de defesa israelense Iron Dome, à esquerda, intercepta foguetes, à direita, disparados pelo Hamas em direção ao sul de Israel a partir de Beit Lahia, no norte da Faixa de Gaza, em 14 de maio de 2021 (Foto: Anas Baba/AFP).

O sistema de defesa israelense Iron Dome, à esquerda, intercepta foguetes, à direita, disparados pelo Hamas em direção ao sul de Israel a partir de Beit Lahia, no norte da Faixa de Gaza, em 14 de maio de 2021 (Foto: Anas Baba/AFP).

O chefe da defesa de Israel, Benny Gantz, viajará para Washington, nesta quinta-feira para solicitar a reposição de US$ 1 bilhão do sistema de defesa aérea Iron Dome, disseram o senador Lindsey Graham e autoridades israelenses.

Graham disse que espera que os EUA autorizem rapidamente o pedido após uma escalada de 11 dias entre Israel e o Hamas, na qual autoridades israelenses disseram que o Iron Dome interceptou centenas de foguetes disparados da Faixa de Gaza.

“Haverá um pedido de US$ 1 bilhão vindo ao Pentágono esta semana do ministro da Defesa [israelense] para reabastecer o Iron Dome e algumas outras coisas, para atualizar o sistema”, disse Graham a repórteres durante uma visita a Jerusalém na terça-feira.

“Suporte amplo e profundo”

O pedido surge em meio a crescentes críticas às vendas de armas americanas a Israel, bem como aos US$ 3,8 bilhões em ajuda quase totalmente não condicionada que os EUA dão a Israel todos os anos.

Legisladores progressistas na Câmara dos Representantes dos EUA e no Senado estão atualmente tentando bloquear um acordo de armas de US$ 735 milhões com Israel, que a Casa Branca aprovou pouco antes do início dos combates em 10 de maio.


LIVRO RECOMENDADO

A porta dos leões: Nas linhas de frente da Guerra dos Seis Dias

  • Steven Pressfield (Autor)
  • Em português
  • Kindle ou Capa comum

No entanto, o apoio a Israel continua forte entre a maioria dos legisladores dos EUA, e os esforços para reduzi-lo estão praticamente fadados ao fracasso. Falando na terça-feira, Graham observou que o apoio se estende a todas as linhas partidárias.

“Houve uma grande disputa sobre o último confronto entre o Hamas e o Estado de Israel nos Estados Unidos, mas estou aqui para dizer que há um amplo e profundo apoio a Israel entre o Partido Democrata”, disse Graham, um republicano.

Membro sênior no Comitê de Dotações do Senado, Graham se reuniu com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu e com o ministro da Defesa Benny Gantz durante sua viagem a Israel. O comitê supervisiona os gastos, incluindo ajuda militar estrangeira.

O ministério da defesa de Israel, por sua vez, disse que Gantz se reunirá com o secretário de defesa dos EUA, Lloyd Austin, e com o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, para uma discussão sobre questões como o Irã e ajuda militar.

Biden disse anteriormente que iria reabastecer o Iron Dome. Antony Blinken, o secretário de Estado dos EUA, também reiterou o apoio americano a Israel durante uma viagem à região na semana passada, com o objetivo de reforçar o cessar-fogo Israel-Hamas alcançado em 21 de maio.

Fonte: Aljazeera.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também