Cinco países do sudeste asiático avaliam caça russo de quinta geração Su-57

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Caça russo de quinta geração Su-57 (Foto: Alex Beltyukov/Wikimedia Commons/CC BY-SA 3.0).

Caça russo de quinta geração Su-57 (Foto: Alex Beltyukov/Wikimedia Commons/CC BY-SA 3.0).

Cinco países do Sudeste Asiático mostram interesse no caça multifuncional de quinta geração Sukhoi Su-57 da Rússia, disse nesta terça-feira o CEO do vendedor de armas Rosoboronexport, Aleksandr Mikheyev.

“Estamos negociando com vários países. Vemos pedidos e interesses. No Sudeste Asiático, quatro ou cinco países [mostram interesse]”, disse o presidente-executivo.

O Sukhoi Su-57 é um caça multifuncional de quinta geração de fabricação russa, projetado para destruir todos os tipos de alvos aéreos, terrestres e navais. O jato possui tecnologia stealth com amplo uso de materiais compostos, é capaz de desenvolver velocidade de cruzeiro supersônica e está equipado com os mais avançados equipamentos radioeletrônicos a bordo, incluindo um poderoso computador de bordo (o chamado segundo piloto eletrônico ), sistema de radar e outras inovações, em particular, o armamento colocado dentro de sua fuselagem.


LIVRO RECOMENDADO:

Todos os homens do Kremlin: Os bastidores do poder na Rússia de Vladimir Putin

  • Mikhail Zygar (Autor)
  • Em português
  • Kindle ou Capa comum

O Su-57 subiu aos céus pela primeira vez em 29 de janeiro de 2010. Comparado aos seus antecessores, o Su-57 combina as funções de avião de ataque e caça a jato, utilizando materiais compostos e tecnologias de inovação e de caça. A configuração aerodinâmica garante o baixo nível de assinatura radar e infravermelha.

O armamento do avião incluirá, em particular, mísseis hipersônicos. O caça foi testado com sucesso em condições de combate na Síria. As Forças Armadas russas receberam o primeiro caça Su-57 em 2020.

A Força Aeroespacial da Rússia terá 22 caças Su-57 no final de 2024, e seu número nas Forças Armadas russas aumentará para 76 em 2028.

Fonte: Tass.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

1 comentário

  1. Bolão dos Sukhoi:
    Vietnam, Myammar (Burma),Malásia e Indonésia já têm aviões sukhois russos.
    Singapura já têm F-35s e F-16s. Tailândia Gripens e F-16s. O 5º Vou chutar Brunei os outros países são muito pobres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também