Rússia afirma surpresa com passividade da UE enquanto EUA destroem o controle de armas

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Ministro das Relações Exteriores da Rússia,Sergey Lavrov, (Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia/Tass).

Ministro das Relações Exteriores da Rússia,Sergey Lavrov, (Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia/Tass).

Moscou se surpreende com a reação passiva de Bruxelas à política de Washington de administrar o sistema de controle de armas, disse o chanceler russo, Sergey Lavrov, nesta segunda-feira, ao falar na abertura de uma conferência sobre as relações Rússia-UE.

“A reação da União Europeia à ruína sistemática por culpa dos Estados Unidos dos regimes de controle de armas é surpreendente”, disse ele.

“A proposta detalhada e concreta do presidente russo Vladimir Putin para prevenir o surgimento de mísseis de alcance intermediário lançados do solo passou despercebida”, disse Lavrov. “Permitam-me salientar mais uma vez que, em particular, tentam minimizar a coordenação de um mecanismo de verificação que prevê procedimentos absolutamente concretos, como visitas à região de Kaliningrado em troca de visitas às bases de defesa antimísseis dos Estados Unidos na Polônia e na Romênia.”

Lavrov enfatizou que a retórica antirrussa no Ocidente está se transformando em uma escalada militar contra a Rússia.


LIVRO RECOMENDADO

As entrevistas de Putin

  • Oliver Stone (Autor)
  • Em português
  • Kindle ou Capa comum

O Ministro das Relações Exteriores da Rússia disse ainda que é tempo de retomar os contatos políticos entre a UE e a Rússia, nomeadamente com a União Econômica da Eurásia (EAEU, Eurasian Economic Union).

“Até agora, estabelecemos contatos técnicos sobre regulamentação e outras questões entre as comissões. No entanto, achamos que chegou a hora de contatos políticos também”, disse ele nesta segunda-feira durante a abertura de uma conferência dedicada às relações Rússia-UE.

Lavrov lembrou que é necessário aproveitar as vantagens comparativas da convivência no mesmo continente, considerado “a locomotiva do crescimento econômico global”, para consertar o estado atual das relações. “Podemos começar pequenos e lançar uma cooperação estável entre a União Econômica da Eurásia e a União Européia. Já há algum tempo que pedimos aos nossos parceiros europeus que façam isso”, destacou.

Fonte: Tass.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a ChinaCurso de InteligênciaCurso sobre a RússiaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também