Armênia diz que o Azerbaijão deteve seis militares na fronteira

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Soldados armênios assumem posições na fronteira com o Azerbaijão em 17 de maio (Foto: Radio Free Europe).

Soldados armênios assumem posições na fronteira com o Azerbaijão em 17 de maio (Foto: Radio Free Europe).

O Ministério da Defesa da Armênia disse em um comunicado que seus militares estavam realizando trabalhos de engenharia em uma região de fronteira disputada quando o exército do Azerbaijão “cercou e capturou seis soldados”.

A acusação veio um dia depois que o Azerbaijão disse que as forças armênias dispararam contra suas tropas na fronteira internacional entre 24 e 26 de maio. Não houve vítimas durante o incidente, disse o Azerbaijão, embora a Armênia afirme que um de seus soldados morreu.


LIVRO RECOMENDADO

Uma viagem pelos países que não existem

  • Guilherme Canever (Autor)
  • Em português
  • Kindle ou Capa comum

O conflito de longa data sobre Nagorno-Karabakh, um enclave armênio separatista no Azerbaijão, explodiu em uma guerra total no final de setembro, com cerca de 6.000 pessoas mortas em seis semanas de conflito, sendo encerrado com um cessar-fogo mediado pela Rússia. A Armênia cedeu ao Azerbaijão áreas que controlava por décadas.

O cessar-fogo, monitorado por cerca de 2.000 soldados russos de manutenção da paz, foi mantido em grande parte, mas as tensões continuaram e houve vários incidentes de fronteira.

Fonte: France 24 / AFP / AP.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

V-UnitCanal do Velho GeneralHackerSecPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisPrograma Café com Defesa

Veja também