Fragata russa realiza disparos de defesa aérea em exercícios no Ártico

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Fragata Admiral Gorshkov (Foto: Ministério da Defesa da Rússia/CC BY 4.0).

Fragata Admiral Gorshkov (Foto: Ministério da Defesa da Rússia/CC BY 4.0).

A fragata Almirante Gorshkov, da Frota do Norte da Marinha da Rússia, realizou disparos bem-sucedidos do sistema de mísseis terra-ar Poliment-Redut no Mar de Barents, informou a assessoria de imprensa da Frota na quinta-feira.

O navio de guerra atingiu dois mísseis lançados pela corveta Aisberg, informou a assessoria de imprensa em um comunicado. O pequeno navio com mísseis Rassvet exerceu o controle dos disparos da defesa aérea. Quatro outros navios da Flotilha Kola das Forças Armadas – os pequenos navios anti-submarinos Brest e Snezhnogorsk e os caça-minas costeiros Kolomna e Yadrin fecharam a área marítima para embarques e voos durante os disparos, diz o comunicado.

A fragata Almirante Gorshkov está entre os navios de guerra mais avançados da Frota do Norte. Foi construído no Estaleiro Severnaya em São Petersburgo, no noroeste da Rússia, e operacionalizado na Frota em julho de 2018.

No final de 2020, a Almirante Gorshkov participou dos testes de mísseis de cruzeiro hipersônicos Zircon. Durante os testes, o navio realizou vários disparos de mísseis com sucesso.

A Almirante Gorshkov é a fragata líder do Projeto 22350. Os navios de guerra desta classe deslocam 4.500 toneladas e podem desenvolver uma velocidade de até 29 nós. Eles estão armados com lançadores de mísseis Oniks e Kalibr, e também com sistemas de mísseis terra-ar Poliment-Redut.

As fragatas do Projeto 22350 são navios de combate multifuncionais, capazes de combater com eficácia navios de superfície, aeronaves e submarinos inimigos e realizar ataques contra instalações terrestres e costeiras em um alcance de mais de 1.500 km.

Fonte: Agência Tass.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também