Marinha: Nota sobre o navio russo Yantar

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
capa-4

B-Top-720x75px-V-Unit.jpg

Albert-VF1 Por Albert Caballé Marimón*

Baixar-PDF


Apoie o Velho General: contribua com a manutenção do blog, conheça as opções.


Capa-PDF.jpg


MARINHA DO BRASIL
CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA
NOTA À IMPRENSA


Brasília-DF.
Em 21 de fevereiro de 2020.

A Marinha do Brasil (MB) informa que o Navio de Pesquisa Oceanográfico russo “Yantar” desatracou hoje, 18h, do porto do Rio de Janeiro, com destino declarado à Lisboa, Portugal.

A autorização de estadia no Brasil foi solicitada pela Adidância Militar da Rússia, e seguiu os protocolos vigentes para a movimentação de navios de guerra e de Estado estrangeiros nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB).

Por suas características, o referido navio é acompanhado pela Marinha do Brasil, durante todo o trânsito nas AJB.

Tal procedimento é adotado pela MB para todos os navios de interesse navegando por nossos mares e rios.

O acompanhamento de navios e plataformas em trânsito e operação em nossos mares e rios é atribuição da Marinha do Brasil. As ações desenvolvidas para o cumprimento de tal atribuição estão relacionadas à segurança marítima e são desenvolvidas ininterrupta e diuturnamente, 24 horas por dia, sete dias por semana, com o emprego de lanchas, navios e aeronaves (da própria Marinha e da Força Aérea Brasileira), além de recursos de monitoramento e vigilância eletrônica.

A Marinha do Brasil esclarece, ainda, que, visando ao aperfeiçoamento do monitoramento das AJB, dedica-se ao projeto de ampliação do Sistema Integrado de Gerenciamento da Amazônia Azul – SIsGAAz.

Contato:
Departamento de Imprensa
Centro de Comunicação Social da Marinha
Telefones: (61) 3429-1293 / 99238-9790
Email: imprensa@marinha.mil.br


Banner-loja-02.jpg


*Albert Caballé Marimón possui formação superior em marketing, é fotógrafo profissional e editor do blog Velho General. Já atuou na cobertura de eventos como a Feira LAAD, o Exercício CRUZEX e a Operação Acolhida. É colaborador da revista Tecnologia & Defesa e do Canal Arte da Guerra, onde, entre outras atividades, mantém uma resenha semanal de filmes e documentários militares. Pode ser contatado através do e-mail caballe@gmail.com.


 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

6 comentários

  1. Muito obrigado Albert! Bem que eu vi que tinha coisa errada nas informações que estavam chegando. Um navio entra em mar territorial brasileiro de forma Stelth sem a Marinha do Brasil saber e pedir explicações, a Marinha procurava e não sabia onde ele estava e atraca no porto sem dar explicações??? Bem que eu vi que a história estava mal contada.

  2. Esclarecida a situação com o meio de comunicação social oficial. Diferente de muitos canais de YT que literalmente vomitaram coisas como “Navio russo invade o Brasil” ou “O enigma do navio espião russo no Brasil”, a parceria VG e ADG primam pelo compromisso com a verdade e fontes confiáveis. Forte abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também