Marinha: Nota sobre o navio russo Yantar

B-Top-720x75px-V-Unit.jpg

Albert-VF1 Por Albert Caballé Marimón*

Baixar-PDF


Apoie o Velho General: contribua com a manutenção do blog, conheça as opções.


Capa-PDF.jpg


MARINHA DO BRASIL
CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA
NOTA À IMPRENSA


Brasília-DF.
Em 21 de fevereiro de 2020.

A Marinha do Brasil (MB) informa que o Navio de Pesquisa Oceanográfico russo “Yantar” desatracou hoje, 18h, do porto do Rio de Janeiro, com destino declarado à Lisboa, Portugal.

A autorização de estadia no Brasil foi solicitada pela Adidância Militar da Rússia, e seguiu os protocolos vigentes para a movimentação de navios de guerra e de Estado estrangeiros nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB).

Por suas características, o referido navio é acompanhado pela Marinha do Brasil, durante todo o trânsito nas AJB.

Tal procedimento é adotado pela MB para todos os navios de interesse navegando por nossos mares e rios.

O acompanhamento de navios e plataformas em trânsito e operação em nossos mares e rios é atribuição da Marinha do Brasil. As ações desenvolvidas para o cumprimento de tal atribuição estão relacionadas à segurança marítima e são desenvolvidas ininterrupta e diuturnamente, 24 horas por dia, sete dias por semana, com o emprego de lanchas, navios e aeronaves (da própria Marinha e da Força Aérea Brasileira), além de recursos de monitoramento e vigilância eletrônica.

A Marinha do Brasil esclarece, ainda, que, visando ao aperfeiçoamento do monitoramento das AJB, dedica-se ao projeto de ampliação do Sistema Integrado de Gerenciamento da Amazônia Azul – SIsGAAz.

Contato:
Departamento de Imprensa
Centro de Comunicação Social da Marinha
Telefones: (61) 3429-1293 / 99238-9790
Email: imprensa@marinha.mil.br


Banner-loja-02.jpg


*Albert Caballé Marimón possui formação superior em marketing, é fotógrafo profissional e editor do blog Velho General. Já atuou na cobertura de eventos como a Feira LAAD, o Exercício CRUZEX e a Operação Acolhida. É colaborador da revista Tecnologia & Defesa e do Canal Arte da Guerra, onde, entre outras atividades, mantém uma resenha semanal de filmes e documentários militares. Pode ser contatado através do e-mail caballe@gmail.com.


 

6 comentários sobre “Marinha: Nota sobre o navio russo Yantar

  1. Muito obrigado Albert! Bem que eu vi que tinha coisa errada nas informações que estavam chegando. Um navio entra em mar territorial brasileiro de forma Stelth sem a Marinha do Brasil saber e pedir explicações, a Marinha procurava e não sabia onde ele estava e atraca no porto sem dar explicações??? Bem que eu vi que a história estava mal contada.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Esclarecida a situação com o meio de comunicação social oficial. Diferente de muitos canais de YT que literalmente vomitaram coisas como “Navio russo invade o Brasil” ou “O enigma do navio espião russo no Brasil”, a parceria VG e ADG primam pelo compromisso com a verdade e fontes confiáveis. Forte abraço!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s