A soja não é uma ameaça para a Amazônia

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Capa

Capa-PDF.jpg
Imagem de capa do documento “O aumento da produção brasileira de soja representa uma ameaça para a floresta amazônica?”

Embora não seja do escopo do Velho General, diante do contexto atual da Amazônia em evidência é pertinente falar um pouco de agronegócio. A EMBRAPA acaba de divulgar o documento “O aumento da produção brasileira de soja representa uma ameaça para a floresta amazônica?”, no qual desmistifica, com fatos e dados, uma das falácias que vem sendo propaladas.

No documento, a EMBRAPA mostra porque a cultura da soja não apresenta risco de aumento do desmatamento na Amazônia ou outros biomas, já que para atender às demandas de crescimento de mercado os agricultores brasileiros podem expandir a produção aumentando a produtividade das atuais áreas produtoras pelo uso da tecnologia; mostra também que o sistema brasileiro de cultivo de soja depende de tecnologias ambientalmente amigáveis.

Captura de Tela 2019-10-02 às 09.30.28.png Download do documento “O aumento da produção brasileira de soja representa uma ameaça para a floresta amazônica?”.

ILPF

Também ontem, a EMBRAPA anunciou o lançamento do eBook “ILPF – Inovação com Integração de Lavoura, Pecuária e Floresta”. Com 50 capítulos, 170 autores (nacionais e internacionais) de instituições públicas e privadas e quase 900 páginas, a obra reúne o que há de mais atual em relação aos sistemas integrados de produção, de forma objetiva e abrangente, mostrando que é possível aumentar a produtividade e ao mesmo tempo reduzir o impacto ambiental.

Captura de Tela 2019-10-02 às 09.43.27.png Download do eBook “ILPF – Inovação com Integração de Lavoura, Pecuária e Floresta”

Estas publicações mais uma vez atestam que o Brasil com o apoio de entidades como a EMBRAPA, possui uma agropecuária entre as mais eficientes e sustentáveis do planeta, e temos muito a ensinar.

Como já dissemos antes neste blog, os problemas existem e não podemos nega-los; mas temos todas as condições de resolve-los sem necessidade de interferências externas que ameacem a nossa soberania.

Faça download também do Plano Estratégico para a Amazônia e a Carta de Manaus e ajude a compartilhar este material, fazendo com que seja o embrião de ações consistentes para a região.

Download do Plano Estratégico para a Amazônia e a Carta de Manaus.

br_associates_2_728x90._CB465180670_.jpg


[simple-payment id=”4897″]


Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também