As tensões entre as maiores potências militares do planeta

Imagem: Space News.

Uma série de acontecimentos envolvendo os EUA, a Rússia e a China demonstram que as relações entre as principais potências militares do planeta vivem um momento de tensionamento bem acima da normalidade.

A perspectiva estratégica da China

O presidente chinês Xi Jinping (Foto: Nicolas Asfour/Reuters).

Se um dia os EUA chegarem a enfrentar a China, será fundamental entender como o país enxerga sua posição estratégica, ou como a posição estratégica chinesa a obrigará a agir.

EUA estariam preocupados pela China estar pronta para “flertar com ideia de unificar” Taiwan

Formação da marinha chinesa (Foto: Li Gang/AP/Xinhua).

Embora os EUA não questionem oficialmente que Taiwan faz parte da China, Washington tem aumentado atividade naval no Estreito de Taiwan sob pretexto de garantir a livre passagem.

A ascenção da China, a hegemonia norte-americana e a Armadilha de Tucídides

A impressionante velocidade do crescimento da China e sua expansão nos campos econômico, tecnológico e militar levam inevitavelmente a um choque com os interesses dos Estados Unidos, a potência – até então – hegemônica. Com o acirramento das tensões devido à forte competição, conseguirão estes países evitar a Armadilha de Tucídides?

Radar Semanal 23/10/2020

A questão dos Uigures na China, instalação de mísseis hipersônicos em todos os destroieres americanos da classe Arleigh Burke, um novo drone vietnamita e o conflito do Nagorno-Karabakh estão entre os assuntos abordados no Radar desta semana.