A entrevista de Vladimir Putin à rede NBC

Vladimir Putin (Foto: Anadolu).

O presidente russo, Vladimir Putin, reagiu às recentes descrições dele feitas pelo presidente dos EUA, Joe Biden, em uma entrevista exclusiva ao canal de TV norte-americano NBC, transmitida na segunda-feira, dias antes de uma cúpula entre os dois líderes em Genebra.

Síria afirma que ataques aéreos israelenses tiveram como alvo Damasco

Israel reconheceu ter conduzido muitos ataques dentro da Síria desde o início da guerra civil em 2011 (Foto: Abir Sultan/EPA).

Observatório SOHR disse que os ataques tiveram como alvo posições da força aérea perto de Khirbet al-Tin, nos arredores de Homs, e um depósito de armas pertencente ao Hezbollah.

Rússia revela envio de bombardeiros com capacidade nuclear para base aérea da Síria

Bombardeiros estratégicos supersônicos Tupolev Tu-22M sobrevoam o Kremlin em Moscou, em 7 de maio de 2014, durante ensaio para o desfile do Dia da Vitória (Foto: Yuri Kadobnov/AFP).

Segundo Moscou, bombardeiros Tupolev Tu-22 pousaram na Base Aérea Hmeimim da Síria pela primeira vez; implantação mostra uma extensão do alcance de ataque nuclear da Rússia no Oriente Médio e no Mediterrâneo.

Israel investiga por que as defesas aéreas não interceptaram míssil sírio

Míssil SA-5 em exibição no Museu da Força Aérea Ucraniana (Foto: George Chernilevsky/CC BY-SA 3.0).

Míssil sírio disparado contra um jato da IAF errou o alvo, a defesa aérea israelense não conseguiu abatê-lo e ele caiu perto de Dimona; a mídia estatal Síria informou que um ataque israelense perto de Damasco deixou três soldados feridos e um morto.

FSB impede ataque terrorista em Simferopol

Foto: Serviço Federal de Segurança Russo/Tass.

Ataque terrorista frustrado pelo FSB russo ocorreria contra um estabelecimento educacional em Simferopol, capital da Crimeia.

Radar Semanal 02/04/2021

O presidente russo, Vladimir Putin, em Sochi, Rússia, outubro de 2019 (Foto: Sergei Chirikov/Reuters).

As recentes implantações de tropas russas próximo da Ucrânia; uma análise do novo modelo de forças do Reino Unido; as apostas e barganhas que mantém Putin no poder na Rússia; Um sumário das capacidades desestabilizadoras do Irã no Oriente Médio; e o uso de inteligência artificial para analisar a cada vez maior massa de dados coletada pela marinha dos EUA.

Coalizão realiza 133 ataques aéreos contra ISIS no Iraque

Dois F/A-18F Super Hornet decolam do USS Carl Vinson em missão de apoio à Operação Inherent Resolve. Imagem ilustrativa. (Foto: Scott Fenaroli/US Navy).

Coalizão liderada pelos EUA conduziu uma grande ofensiva contra o Estado Islâmico no norte do Iraque, realizando 133 ataques aéreos em 10 dias.

Para o Irã, armas nucleares podem esperar

Com uma população se afastando cada vez mais da religião e tendendo a preferir um governo secular, o regime dos aiatolás do Irã estaria mais inclinado a priorizar a recuperação da economia, gravemente afetada pelas sanções e pela pandemia do Covid-19, do que a obtenção de armas nucleares.

Radar Semanal 26/02/2021

No Radar Semanal de hoje, destacamos dois fatos que consideramos marcantes: o ataque americano à instalações na Síria, a primeira ação militar de Joe Biden, e a escalada da crise em Mianmar, cuja solução parece cada vez mais distante. Selecionamos três artigos sobre cada assunto, procurando trazer visões distintas.

EUA bombardeiam instalações na Síria

Na primeira ação militar do governo de Joe Biden, aeronaves americanas atacaram alvos na Síria, atingindo infraestruturas que seriam utilizadas por milícias apoiadas pelo Irã. A operação é uma retaliação aos ataques com foguetes por milícias iraquianas contra pessoal americano em meados de fevereiro em Irbil, Iraque.