Rússia e Índia discutem perspectivas de maior produção de equipamentos militares russos na Índia

Alexander Lavrov (Foto: Alexander Shcherbak/Tass).

“Não discutimos os movimentos dos EUA hoje. Reafirmamos nosso compromisso com o desenvolvimento da cooperação técnico-militar”, disse Lavrov.

Moscou ofereceu restaurar contatos militares dentro do Conselho Rússia-OTAN

Alexander Lavrov (Foto: Alexander Shcherbak/Tass).

No entanto, os países membros da OTAN “se recusam veementemente até mesmo a discutir as medidas de confiança militar que propusemos”, disse o principal diplomata russo, Sergei Lavrov.

Lavrov: A retirada dos EUA do JCPOA indica incapacidade de implementar acordos

Ministro das Relações Exteriores da Rússia,Sergey Lavrov, (Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia/Tass).

Lavrov fez a declaração durante visita à China. Ele disse que os EUA agiram em flagrante violação do direito internacional.

A visita de Lavrov ao Oriente Médio

Embora seja nebuloso – e arriscado – tentar adivinhar os rumos da política dos Estados Unidos para o Oriente Médio, não há dúvida de que os relacionamentos estão mudando. A visita de Sergei Lavrov ao Oriente Médio, na semana passada, mostra que Moscou está atenta, e procura capitalizar sobre as mudanças de rumo implementadas por Biden.

Radar Semanal 12/03/2021

Destaques para o orçamento de Defesa da China para 2021; a Arábia Saudita retoma negociação dos S-400 com a Rússia; empresa de defesa francesa apresenta blindado inovador; China deve construir hidroelétrica em novo ponto de atrito com a Índia; e um bombardeiro B-1B pousa pela primeira vez na região do Círculo Polar Ártico, irritando a Rússia.

Cronologia do programa nuclear iraniano

Embora não seja possível determinar com certeza se o programa nuclear iraniano contempla a construção de armas, é fato que, ao longo dos anos, o país desenvolveu uma série de tecnologias, como enriquecimento de urânio e sistemas de mísseis, que tornam isso possível em um espaço de tempo relativamente curto. Teerã sempre negou essa possibilidade, afirmando que seu programa se destina a fins pacíficos.

EUA bombardeiam instalações na Síria

Na primeira ação militar do governo de Joe Biden, aeronaves americanas atacaram alvos na Síria, atingindo infraestruturas que seriam utilizadas por milícias apoiadas pelo Irã. A operação é uma retaliação aos ataques com foguetes por milícias iraquianas contra pessoal americano em meados de fevereiro em Irbil, Iraque.