Avaliação e operação de aeronaves inimigas pelos britânicos na 2ª Guerra Mundial

Messerschmitt Bf 109E capturado pelos britânicos e re-designado DG200, em voo sem a cobertura da cabine, removida (e nunca substituída) para que H. Hayworth, piloto de testes da Rolls Royce com cerca de 2 m de altura, coubesse na aeronave (Foto: IWM/Wikimedia Commons).

Pouco conhecida, a unidade “Flight Nº 1426” da Royal Air Force, criada na Segunda Guerra Mundial para avaliar aeronaves capturadas da Luftwaffe alemã, tinha por objetivo obter inteligência sobre as capacidades e características das aeronaves inimigas. Foi apelidada de “Rafwaffe”.

As alternâncias do poder mundial do final do Século XIX aos dias atuais

Sala de reuniões do Conselho de Segurança da ONU na sede das Nações Unidas em Nova York, EUA, em fotografia de 2014 (Foto: Neptuul/Wikimedia Commons/CC BY-SA 3.0).

Analisar a história nos mostra que, independentemente do direito internacional, o poder econômico e a força militar são fatores determinantes no relacionamento entre as nações.

Fiat Falco “13-95”: A Itália na Batalha da Inglaterra

Imagem: Hobby Search.

O caça italiano Fiat Falco CR.42 conhecido como “13-95” integrou o Corpo Aereo Italiano durante a Batalha da Inglaterra, em um esforço diplomático e publicitário do ditador italiano Benito Mussolini para melhorar sua imagem tanto internamente quanto com seus aliados alemães. Após ser capturado, o “13-95” participou da formação da unidade de avaliação de aviões inimigos da RAF, conhecida como “Rafwaffe”.

O afundamento do Bismarck

Representação artística do encouraçado alemão Bismarck (Imagem: Trumpeter).

Provavelmente o encouraçado alemão mais famoso da Guerra, o Bismarck afundou em 27 de maio de 1941, depois de, por sua vez, afundar o orgulho da Marinha Real, o HMS Hood. Para muitos, o fim do Hood e do Bismarck simbolizou o fim da era dos poderosos encouraçados, substituídos pelos submarinos e porta-aviões.

Alemanha, 8 de maio de 1945

O general Alfred Jodl, ao centro, assina a rendição incondicional de todas as forças armadas alemãs em 7 de maio de 1945 (Foto: AP).

Em 8 de maio de 1945, a Alemanha declarou formalmente sua derrota na Segunda Guerra Mundial. Como muitos outros já disseram, houve uma guerra na Europa que começou em 1914 e terminou em 1945, com uma trégua de 20 anos no meio. Ambas as guerras colocaram a Alemanha contra a França, a Rússia e a Grã-Bretanha, com um envolvimento crescente dos Estados Unidos.

Iniciada produção de nova série sobre 2ª Guerra Mundial de Steven Spielberg e Tom Hanks

"Masters of the Air", é a terceira parte de uma trilogia da Segunda Guerra Mundial que inclui "Band of Brothers" e "The Pacific" (Imagem: HBO).

Baseada no livro de mesmo nome de Donald L. Miller, a série “Masters of the Air” deverá contar a história dos pilotos de bombardeiro da Oitava Força Aérea dos EUA.

O Duque de Edimburgo morre aos 99 anos; tinha o respeito das forças armadas britânicas

O Príncipe Philip, Duque of Edimburgo (Foto: AFP).

Philip serviu na Marinha Real durante a Segunda Guerra Mundial e, depois de encerrar sua carreira militar em 1951, manteve estreito contato com as Forças Armadas britânicas.

A perspectiva estratégica da China

O presidente chinês Xi Jinping (Foto: Nicolas Asfour/Reuters).

Se um dia os EUA chegarem a enfrentar a China, será fundamental entender como o país enxerga sua posição estratégica, ou como a posição estratégica chinesa a obrigará a agir.

Alunos da Escola de Sargentos de Logística recebem sabre Sargento Max Wolf Filho

Solenidade ocorreu quando os alunos usaram o uniforme de gala pela primeira vez.

Batalha de Wizna, as “Termópilas Polonesas”: entre o mito e o fato (Parte 3-final)

Na terceira e última parte do artigo, a retirada dos sobreviventes e a conclusão da história desta batalha, épica para os poloneses, um resumo do triste saldo final e as principais perdas de ambos os lados, além de uma análise de aspectos históricos e visões de historiadores que se contrapõem.