Fiat Falco “13-95”: A Itália na Batalha da Inglaterra

Imagem: Hobby Search.

O caça italiano Fiat Falco CR.42 conhecido como “13-95” integrou o Corpo Aereo Italiano durante a Batalha da Inglaterra, em um esforço diplomático e publicitário do ditador italiano Benito Mussolini para melhorar sua imagem tanto internamente quanto com seus aliados alemães. Após ser capturado, o “13-95” participou da formação da unidade de avaliação de aviões inimigos da RAF, conhecida como “Rafwaffe”.

O afundamento do Bismarck

Representação artística do encouraçado alemão Bismarck (Imagem: Trumpeter).

Provavelmente o encouraçado alemão mais famoso da Guerra, o Bismarck afundou em 27 de maio de 1941, depois de, por sua vez, afundar o orgulho da Marinha Real, o HMS Hood. Para muitos, o fim do Hood e do Bismarck simbolizou o fim da era dos poderosos encouraçados, substituídos pelos submarinos e porta-aviões.

Alemanha, 8 de maio de 1945

O general Alfred Jodl, ao centro, assina a rendição incondicional de todas as forças armadas alemãs em 7 de maio de 1945 (Foto: AP).

Em 8 de maio de 1945, a Alemanha declarou formalmente sua derrota na Segunda Guerra Mundial. Como muitos outros já disseram, houve uma guerra na Europa que começou em 1914 e terminou em 1945, com uma trégua de 20 anos no meio. Ambas as guerras colocaram a Alemanha contra a França, a Rússia e a Grã-Bretanha, com um envolvimento crescente dos Estados Unidos.

Iniciada produção de nova série sobre 2ª Guerra Mundial de Steven Spielberg e Tom Hanks

"Masters of the Air", é a terceira parte de uma trilogia da Segunda Guerra Mundial que inclui "Band of Brothers" e "The Pacific" (Imagem: HBO).

Baseada no livro de mesmo nome de Donald L. Miller, a série “Masters of the Air” deverá contar a história dos pilotos de bombardeiro da Oitava Força Aérea dos EUA.

O Duque de Edimburgo morre aos 99 anos; tinha o respeito das forças armadas britânicas

O Príncipe Philip, Duque of Edimburgo (Foto: AFP).

Philip serviu na Marinha Real durante a Segunda Guerra Mundial e, depois de encerrar sua carreira militar em 1951, manteve estreito contato com as Forças Armadas britânicas.

A perspectiva estratégica da China

O presidente chinês Xi Jinping (Foto: Nicolas Asfour/Reuters).

Se um dia os EUA chegarem a enfrentar a China, será fundamental entender como o país enxerga sua posição estratégica, ou como a posição estratégica chinesa a obrigará a agir.

Alunos da Escola de Sargentos de Logística recebem sabre Sargento Max Wolf Filho

Solenidade ocorreu quando os alunos usaram o uniforme de gala pela primeira vez.

Batalha de Wizna, as “Termópilas Polonesas”: entre o mito e o fato (Parte 3-final)

Na terceira e última parte do artigo, a retirada dos sobreviventes e a conclusão da história desta batalha, épica para os poloneses, um resumo do triste saldo final e as principais perdas de ambos os lados, além de uma análise de aspectos históricos e visões de historiadores que se contrapõem.

Batalha de Wizna, as “Termópilas Polonesas”: entre o mito e o fato (Parte 2)

Enquanto em 5 de setembro ainda era possível parar o ataque inimigo, no dia seguinte a defesa polonesa quebrou. O comandante-em-chefe, marechal Śmigły-Rydz, ordenou que a unidade do SGO Wyszków, sob Kowalski (as 1ª e 41 de Infantaria, essa última do general Piekarski), então estacionadas nos subúrbios de Pułtusk e Różan, mantivessem o setor seguro de modo que uma retirada para o oeste, na direção do Narew, pudesse ser realizada caso a pressão do inimigo não fosse contida.

Batalha de Wizna, as “Termópilas Polonesas”: entre o mito e o fato (Parte 1)

Afoito, quase desesperado, o soldado de artilharia Seweryn Biegański pedala furiosamente pela estrada que atravessa a floresta, rumando na direção de Góra Strękowa, 36 km ao sul. Ele saiu do Forte Osowiec, cidadela que se manteve inexpugnável por seis meses e meio na I Guerra e não foi tomada pelos alemães nem mesmo com o uso de armas químicas. Tem pressa e precisa ter mesmo. É manhã de 10 de setembro de 1939, décimo dia da invasão alemã à Polônia, e Biegański leva uma mensagem ao capitão Władysław Raginis, comandante do setor Wizna.