Exercício Sea Breeze 2021 começa no Mar Negro sob ameaça russa de atirar em navios de guerra “intrusos”

Contratorpedeiro da Marinha americana USS Porter fotografado durante o exercício Sea Breeze 2020 (Foto: US Navy).

Exercício tem início cinco dias depois que a Rússia anunciou que um de seus navios de guerra disparou tiros de advertência e uma aeronave de combate lançou bombas no caminho do contratorpedeiro britânico HMS Defender próximo a Sebastopol.

Moscou diz que tiros de advertência detiveram navio de guerra britânico; Londres nega

Uma aeronave de ataque Su-24, modelo que teria lançado bombas no caminho do HMS Defender (Foto: Serviço de Imprensa do Ministério da Defesa Russo).

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, alertou que “o mundo está afundando rapidamente em um novo confronto, que é muito mais perigoso do que durante os tempos da Guerra Fria”.

Unidades S-400 realizam exercícios de defesa aérea na Crimeia

Sistemas de mísseis antiaéreos S-400 "Triumf" (Foto: Sergei Malgavko/Tass).

Munição fictícia e explosivos simulados foram usados durante ataque simulado de sabotadores para criar situação próxima de um ambiente de combate.

Mais de 20 navios de guerra da Frota Russa do Mar Negro realizam exercícios conjuntos com aeronaves na Crimeia

Fragata Almirante Makarov, da Frota da Marinha Russa do Mar Negro (Foto: MoD Rússia).

Entre os navios estão as fragatas Almirante Makarov e Almirante Essen, bem como as corvetas de mísseis Graivoron e Vyshny Volochyok.