Turquia vai exportar helicópteros T129 para as Filipinas, apesar de bloqueio à encomenda do Paquistão

O T129, de 5 toneladas, é um helicóptero bimotor multifunção produzido sob licença da empresa ítalo-britânica AgustaWestland e baseado no A129 Mangusta (Foto: Micaiah Anthony/USAF).

A TAI anunciou em abril que sua empresa havia obtido licenças de exportação dos EUA para vender seis helicópteros para as Filipinas, mas um mês antes, os pedidos pela mesma licença para vender o mesmo helicóptero ao Paquistão não foram aprovados.

China e EUA discutem sobre atividade naval no Mar do Sul da China

Marinheiros dos EUA se preparam para operações de voo na cabine de comando do porta-aviões Theodore Roosevelt em 6 de abril de 2021, no Mar do Sul da China (Foto: Alexander B. Williams/US Navy).

A intensificação das operações militares dos EUA na região, com respostas cada vez mais incisivas da China, vêm levantado cada vez mais preocupações sobre um possível choque ou confronto, seja intencional ou não.

Decifrando o código das milícias marítimas da China

Nesta imagem da Força Tarefa Nacional do Mar das Filipinas Ocidental, navios chineses estão atracados no Whitsun Reef, no Mar do Sul da China, em 27 de março de 2021 (Foto: Governo das Filipinas).

Um navio de pesca chinês aparece em um local sensível – perto das Ilhas Senkaku no Mar da China Oriental, um recife do Mar do Sul da China ou ao largo de uma base aeronaval dos EUA. É um barco de pesca “comum” ou é uma milícia marítima?

Filipinas acusam a China de “desafios perigosos” no Scarborough Shoal

A Guarda Costeira filipina diz que dispersou navios da milícia chinesa perto do Sabina Shoal, no Mar do Sul da China, no final de abril (Foto: Guarda Costeira das Filipinas/AP).

Manila diz que dois de seus navios foram afetados durante patrulhas e exercícios na área. O protesto ocorre no momento em que Pequim proíbe a pesca em grande parte da disputada hidrovia.

Ministro filipino “perde a linha” com a China na questão do Scarborough Shoal

Embarcações das Guardas Costeiras filipina e chinesa se cruzam perto do Scarborough Shoal, no Mar do Sul da China (Foto: AFP).

Secretário de Relações Exteriores das Filipinas, Teodoro Locsin, chama a China de “idiota feio” no Twitter e exige que Pequim retire navios de pesca do Scarborough Shoal. Especialista alerta que a China pode ignorar a guerra de palavras, e “flexionar sua força militar”.

Guarda Costeira das Filipinas realiza exercícios no Mar do Sul da China

Foto fornecida ontem pela Guarda Costeira das Filipinas mostra pessoal em um exercício marítimo perto da Ilha de Thitu, no Mar da China Meridional (Foto: Guarda Costeira das Filipinas/AFP).

Manila implantou mais navios de patrulha, incluindo da Guarda Costeira e navios da Marinha, para intensificar a vigilância e prevenir a pesca ilegal.

A perspectiva estratégica da China

O presidente chinês Xi Jinping (Foto: Nicolas Asfour/Reuters).

Se um dia os EUA chegarem a enfrentar a China, será fundamental entender como o país enxerga sua posição estratégica, ou como a posição estratégica chinesa a obrigará a agir.

Caças filipinos sobrevoam navios chineses no Mar da China Meridional

Alguns dos cerca de 220 navios chineses relatados pela Guarda Costeira filipina que se acredita serem tripulados por membros da milícia marítima chinesa, retratados em Whitsun Reef, Mar da China Meridional, 7 de março de 2021 (Foto: Guarda Costeira Filipina/Força Tarefa Nacional - Mar das Filipinas Ocidental/via REUTERS).

Cresce preocupação com o que as Filipinas descrevem como “presença de enxame e ameaça” de mais de 200 embarcações chinesas que acreditam ser tripuladas por milícias marítimas.

A Taurus poderia ser afetada pelo “efeito Lula”?

Com posição de proeminência em mercados de grande potencial, empresa diminui dependência do mercado americano e minimiza eventuais efeitos negativos advindos do mercado brasileiro, responsável por cerca de 15% de seus produtos.

A ascenção da China, a hegemonia norte-americana e a Armadilha de Tucídides

A impressionante velocidade do crescimento da China e sua expansão nos campos econômico, tecnológico e militar levam inevitavelmente a um choque com os interesses dos Estados Unidos, a potência – até então – hegemônica. Com o acirramento das tensões devido à forte competição, conseguirão estes países evitar a Armadilha de Tucídides?