O colapso da CPI e a Honra Militar

“O que está em jogo é a reputação das Forças Armadas, em especial da Força Terrestre, com seus valores, história e heróis. Está em jogo a soberania nacional. Estamos em uma guerra de narrativas, como já foi mencionado, e a cultura e a ordenação do soldado brasileiro têm que prevalecer nesse momento. Não há como recuar.”

Mobilização Nacional: a História se repete

Milhares de militares têm se dedicado à Operação Covid-19. Os voos para apoio logístico transportaram oxigênio, respiradores, medicamentos, vacinas, equipes de saúde e pacientes. Em um ano, os deslocamentos correspondem a mais de 55 voltas inteiras ao redor do planeta (Foto: Ministério da Defesa via Agência Brasil).

O projeto de lei do deputado federal Vitor Hugo, que prevê o instituto da Mobilização Nacional, causou desconforto em boa parte dos parlamentares, sendo aventado que daria poderes ao governo para intervir no setor privado e público, requisitando e reorientando a produção, comercialização, distribuição e consumo de bens e serviços e ainda para a convocação de civis e militares. Esta conclusão é alarmista e não procede.

Movimento Civil-Militar de 31 de Março

O Congresso Nacional legalizou e legitimou o Governo Militar.

Processo de Tomada de Decisões em Incidentes Críticos

O processo de tomada de decisão em momentos críticos, ou durante incidentes críticos, é complexo e requer experiência. Os gestores de organizações responsáveis por atuar nessas ocasiões, como policiais, socorristas e outros, devem trabalhar na capacitação de seus profissionais com foco na tomada de decisões e não apenas na criação de protocolos e regulamentos que não irão resolver imprevistos em momentos decisivos.