Saab apresenta resultados do 2º trimestre de 2021

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Foto: Saab.

Foto: Saab.

Em relatório trimestral, Saab apresenta o balanço sobre a atividade da empresa de janeiro a junho de 2021, no qual registrou forte crescimento da receita e fluxo de caixa positivo.

Destaques do 2º trimestre/2021:

  • Aumento do número de pedidos de 7%, com a carteira atingindo SEK 96,7 bilhões.
  • Crescimento orgânico da receita de 15%, impulsionado pela atividade intensa de projetos e entregas.
  • Aumento de 19% do EBITDA, para SEK 1.196 milhões (1.004), com margem de 11,8% (11,4).
  • Crescimento de 10% do lucro operacional, que totalizou SEK 715 milhões (652), correspondendo a uma margem de 7,1% (7,4), incluindo custos de reestruturação no montante de SEK 85 milhões.
  • Fluxo de caixa operacional de SEK 3.152 milhões (1.817), devido a pagamentos expressivos recebidos no trimestre.
  • Nova estrutura organizacional, incluindo a função de Excelência Operacional, em vigor a partir de 1° de julho de 2021.
  • Mudança de projeção: Previsão de crescimento orgânico da receita para o exercício 2021 de 10% (a projeção anterior era de crescimento orgânico em linha com a meta de longo prazo de 5%).

Declaração de Micael Johansson, Presidente e CEO da Saab:

Forte crescimento da receita e fluxo de caixa positivo

A atividade no mercado de defesa continuou favorável no segundo trimestre do ano, e a demanda nos nossos principais mercados permaneceu aquecida. Isso favoreceu o crescimento da Saab tanto internacionalmente quanto na Suécia, o que sustenta nossa estratégia interna.

O crescimento de pedidos se manteve, fechando em 7% no trimestre e totalizando SEK 9,9 bilhões. Garantimos um contrato de Suporte de Desenvolvimento Futuro para o Gripen C/D sueco, bem como pedidos para soluções de Treinamento para a Holanda e o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. Também recebemos pedidos de componentes de radar para o sistema G/ATOR nos EUA, um contrato de suporte do Helicóptero 15 com a Suécia e um contrato de equipamento de alerta de radar para a aeronave alemã Tornado. Nossa robusta carteira de pedidos totaliza SEK 97 bilhões, representando uma boa contribuição para o crescimento futuro da receita.

Houve crescimento orgânico da receita de 15% no trimestre, devido ao nível intenso de atividade e entregas em nossos projetos de defesa. Ainda assim, o negócio de aviação civil registrou queda de receita. Cinco das seis áreas de negócio tiveram aumento nos volumes de vendas. No primeiro semestre do ano, o crescimento orgânico da nossa receita foi de 15%. Também graças à nossa robusta carteira de pedidos para este ano, elevamos nossa projeção de crescimento orgânico da receita em 2021 para cerca de 10%.

O forte ritmo de vendas no trimestre contribuiu positivamente para o crescimento de 19% do lucro e do EBITDA, com margem de 11,8% (11,4). O lucro operacional registrou aumento de 10%, para SEK 715 milhões (652), com margem de 7,1% (7,4). Isso inclui as medidas de reestruturação, como o fechamento da nossa unidade em Barracuda, nos EUA, e o ajuste da capacidade das nossas operações na África do Sul. Essas medidas tiveram um impacto negativo de SEK 85 milhões no lucro operacional, o que corresponde a um impacto de 0,8% na margem. Reafirmamos nossa projeção de margem EBIT para 2021.

Nossa nova organização, que passou de seis para quatro áreas de negócio e agora conta com a nova função de Excelência Operacional, entrou em vigor em 1° de julho. O objetivo é melhorar a eficiência do nosso negócio a partir da exclusão de interfaces internas, impulsionar as sinergias nas operações e melhorar a interação com clientes.

A incerteza gerada pela pandemia, bem como as restrições contínuas de viagens, continuam a impactar a previsibilidade. Outras áreas da cadeia de fornecimento também sofrem impactos; no entanto, continuamos tendo um diálogo próximo com nossos fornecedores, a fim de mitigar os efeitos.

O fluxo de caixa operacional registrou melhora significativa no trimestre, totalizando SEK 3,2 bilhões (1,8), uma vez que a maioria dos pagamentos expressivos deste ano foi concentrada no primeiro semestre. Reafirmamos a projeção de fluxo de caixa operacional positivo para o exercício.

O compromisso com a sociedade tem sido o foco da Saab desde a sua fundação, dando apoio aos países para manterem as pessoas e a sociedade em segurança. No nosso compromisso para contribuir com uma sociedade sustentável, também atuamos ativamente para reduzir o impacto ambiental das nossas operações, da cadeia de valor e dos produtos.

Na primeira metade do ano, conduzimos um projeto com objetivo de identificar e priorizar riscos climáticos e oportunidades pertinentes ao grupo, por meio da estrutura da Task Force on Climate Related Financial Disclosures (TCFD). Além disso, em parceria com a indústria sueca, apresentamos um conceito de produção flexível e resiliência, a fim de que a Suécia se prepare melhor para uma próxima crise.

Começamos a descrever nosso progresso e atuação em sustentabilidade neste relatório de resultados intermediários. Tenho certeza de que a Saab está bem-posicionada em sua jornada para a criação de valor sustentável no longo prazo para nossos stakeholders e a sociedade como um todo.

Destaques econômico-financeiros



Para mais informações e explicações com relação à utilização dos principais indicadores, acesse https://saab.com/investors/financial-data/key-ratios/.

O relatório de resultados intermediários, apresentação e webcast estão disponíveis em https://www.saab.com/investors.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também