Segundo analista, apoio de Biden aos acordos de Minsk na cúpula de Genebra é visto como sucesso da Rússia

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
O presidente dos EUA, Joe Biden (Foto: Patrick Semansky/AP Photo).

O presidente dos EUA, Joe Biden (Foto: Patrick Semansky/AP Photo).

A declaração do presidente dos EUA, Joe Biden, sobre o apoio aos Acordos de Minsk é vista como uma grande conquista da Rússia na cúpula de Genebra, segundo o professor associado da Escola de Serviço Internacional da Universidade Americana, Keith Darden.

Quando questionado se algum funcionário dos EUA pode invalidar os resultados da cúpula Rússia-EUA, ele respondeu negativamente. “Mas, certamente, há muitas pessoas na comunidade de analistas que estão muito chateadas, especialmente aquelas que se concentram na Ucrânia. Como Joe Biden reiterou seu apoio a Minsk, é uma grande conquista para o lado russo após essas negociações. Também é do interesse dos EUA”, disse o analista.

“Mas obviamente há aqueles do lado dos EUA que não querem relações de cooperação com a Rússia e certamente se sentem ameaçados por esta cúpula”, acrescentou Darden.

Após a cúpula, Biden afirmou que reafirmou a Putin seu apoio à Ucrânia, e ambos os lados “concordaram em buscar a diplomacia relacionada ao acordo de Minsk”.

Fonte: Tass.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também