Representante russo na ONU diz que UE escolhe abordagens destrutivas ao lidar com Moscou

Compartilhe:
O diplomata russo Dmitry Polyanskiy, Primeiro Representante Permanente Adjunto da Rússia na ONU (Foto: UNIFEED/ONU).

O diplomata russo Dmitry Polyanskiy, Primeiro Representante Permanente Adjunto da Rússia na ONU (Foto: UNIFEED/ONU).

A União Europeia cada vez mais prefere abordagens destrutivas unilaterais ao invés de compromissos ao avançar suas relações com a Rússia, disse o Primeiro Representante Permanente Adjunto da Rússia na ONU, Dmitry Polyanskiy, na quinta-feira.

“Sou forçado a observar que nossos parceiros europeus cada vez mais escolhem abordagens unilaterais destrutivas em vez de um trabalho conjunto paciente e cuidadoso para buscar compromissos e relações construtivas com parceiros na Assembleia Geral e no Conselho de Segurança. Temos as mais sérias preocupações sobre isso”, disse ele em uma reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a cooperação entre a ONU e organizações regionais.


LIVRO RECOMENDADO:

Todos os homens do Kremlin: Os bastidores do poder na Rússia de Vladimir Putin

• Mikhail Zygar (Autor)
• Em português
• Kindle ou Capa comum


Polyanskiy acrescentou que as sanções unilaterais que contradizem o direito internacional podem ser citadas como um exemplo dessas abordagens. Ao mesmo tempo, ele observou que Moscou deseja trabalhar e cooperar com a UE, mas as relações devem “ser construídas sobre princípios de igualdade e respeito mútuo”.

Fonte: Tass.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

V-UnitV-UnitPublicidade
AmazonPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisPrograma Café com Defesa

Veja também