Indonésia encomenda seis fragatas FREMM da Fincantieri

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
A fragata FREMM da Marinha da Itália ITS Alpino navegando na costa da Virgínia em 2018 (Foto: David B. Larter/Defense News).

A fragata FREMM da Marinha da Itália ITS Alpino navegando na costa da Virgínia em 2018 (Foto: David B. Larter/Defense News).

A Fincantieri assinou contrato para venda de seis fragatas FREMM para a Indonésia, um acordo que o CEO Giuseppe Bono disse que permitiu ao estaleiro italiano “assumir a liderança global” no setor de navios de superfície.

O contrato eleva para 20 as vendas confirmadas da Fincantieri da fragata, incluindo dez para a marinha italiana, duas para o Egito e duas para os Estados Unidos, enquanto os EUA também têm opções para outras oito e o Egito tem opções para outras duas.

Em comunicado divulgado na quinta-feira, a Fincantieri disse que, além das vendas da FREMM, o contrato também abrangia a reforma e venda à Indonésia de duas fragatas da classe Maestrale que deverão ser retiradas de serviço pela marinha italiana.

A italiana Leonardo trabalhará nas FREMM indonésias, disse o comunicado, o que provavelmente significa que a empresa fornecerá o sistema de combate.

O valor do contrato não foi informado pela Fincantieri, que atuará como contratante principal em consórcio com o estaleiro indonésio PT-PAL no programa.

“A aquisição de um pedido dessa magnitude permite que a Fincantieri também assuma a liderança global no setor de navios de superfície”, disse o CEO Bono no comunicado.

No mês passado, os EUA anunciaram um contrato de US$ 553,9 milhões para adquirir seu segundo navio FREMM – parte de uma encomenda prevista de dez – depois que o navio foi selecionado pelos americanos no ano passado.



As fragatas dos EUA, que receberam o nome de classe Constellation, estão sendo construídas pela Fincantieri na Marinette Marine, seu estaleiro em Marinette, Wisconsin. A entrega do primeiro navio dos EUA está prevista para 2026.

A decisão da Indonésia de adquirir o navio foi provavelmente influenciada pela compra nos EUA.

Em um segundo anúncio na quinta-feira, a Fincantieri também disse que assinou com a Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering (DSME) para trabalhar no projeto de um novo porta-aviões para a marinha sul-coreana.

A Fincantieri disse que vai oferecer know-how à DSME com base no trabalho que realizou no novo porta-helicópteros Trieste que a empresa entregará à marinha italiana no próximo ano.

Fonte: Defense News.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

traco

Veja também