Plano de Biden inclui bilhões para tecnologias que militares precisam

O presidente dos EUA, Joe Biden, propôs uma varredura nos gastos do governo com tecnologias emergentes (Foto: Evan Vucci/AP).

O plano busca enfrentar os desafios da cadeia de suprimentos de semicondutores, cuja fabricação ocorre em grande parte fora dos EUA, aumentando as preocupações com a segurança sobre a tecnologia crítica para tudo, de smartphones a redes 5G e caças.

Como os britânicos veem seu papel no mundo em 2030 – e como estão se preparando para exercê-lo

Foto: Royal Navy.

Em 16 de março o governo britânico publicou a que é tida como a maior revisão de defesa e segurança do Reino Unido desde o final da Guerra Fria. O documento, com mais de cem páginas, define a abordagem do país aos desafios esperados para a próxima década.

Comandante da FAB profere Aula Magna para alunos do ITA

Tenente-Brigadeiro Bermudez apresentou aos alunos a conjuntura atual do Comando da Aeronáutica em seus 80 anos, os desafios e as perspectivas para o futuro

Transferência de tecnologia militar

A transferência de tecnologia militar é um assunto sensível e fora do alcance da maior parte dos países. Além da disposição do país vendedor em cedê-la, requer que o país comprador, além da disponibilidade financeira, detenha também as condições técnicas e intelectuais para absorvê-la, sob pena de tornar a operação inócua.

O Estabelecimento da Qualificação Designativa das Guerras Através da Identificação Quanto à Natureza dos Adversários

O caráter fundamental da guerra é impermeável aos conceitos de RM e RAM, e a qualificação designativa dos conflitos é determinada pela natureza do adversário.