Rússia envia jato de combate para acompanhar avião espião dos EUA

MiG-31 (Foto: Anatoly Semekhin/Tass).

A tripulação do caça identificou o alvo aéreo como uma aeronave de reconhecimento estratégico RC-135 da Força Aérea dos EUA e escoltou-o sobre as águas do Oceano Pacífico.

Caças dos EUA escoltam dois aviões russos de guerra antissubmarina Tu-142 sobre o Pacífico

Vista aérea de uma aeronave F / A-18 Hornet ao lado de uma aeronave soviética TU-142 Bear A (Foto: US National Archives).

As aeronaves de guerra antissubmarina de longo alcance da Frota do Pacífico realizaram um voo programado de dez horas sobre o Oceano Pacífico.

Caça russo interceptou avião de reconhecimento dos EUA no Pacífico

RC-135 (Foto: Gabinete de Imprensa do Ministério da Defesa Russo/Tass).

De acordo com o Ministério da Defesa russo, a aeronave de reconhecimento americana foi impedida de violar o espaço aéreo da Rússia.

Rússia intercepta aeronave espiã RC-135W Rivet Joint

Aeronave de reconhecimento estratégico RC-135W Rivet Joint da USAF (Fonte: Defence Blog).

O RC-135V/W Rivet Joint é uma aeronave de reconhecimento estratégico projetada para coletar, analisar e disseminar inteligência praticamente em tempo real.

Dois bombardeiros estratégicos Tu-160 da Rússia sobrevoam o Mar de Barents

Bombardeiro estratégico Tu-160 (Foto: Marina Lystseva/Tass).

Caças MiG-31 da aviação naval da marinha russa escoltaram os bombardeiros durante o voo.