Militares russos na Armênia reforçam áreas perto da fronteira com o Azerbaijão

O primeiro-ministro interino da Armênia, Nikol Pashinyan (Foto: Alexander Astafyev/Sputnik/Reuters).

O primeiro-ministro armênio disse que a instalação de duas fortalezas militares russas na área de Syunik são uma garantia adicional de segurança não apenas para a região, mas para a Armênia.

Fim da guerra (por enquanto) em Nagorno Karabakh

Uma conjunção de fatores levou o Azerbaijão a se sentir livre para atuar militarmente no Nagorno Karabakh, numa demonstração prática da máxima de Clausewitz. Ao mesmo tempo, o conflito pode indicar a nova realidade de um mundo multipolarizado, no qual a falta de freios impostos por potências hegemônicas ou organismos multilaterais abre espaço para que novas potências globais ou regionais atuem na defesa de seus interesses.