Segundo a OTAN, tropas russas seguem próximas da Ucrânia, apesar da redução

Jens Stoltemberg, Secretário-geral da OTAN (Foto: Yves Herman/Reuters).

Apesar da redução, Moscou mantém “dezenas de milhares” de forças, muitas armas e equipamentos na área, diz Jens Stoltenberg.