Estados Unidos, China e a transição de poder no Século XXI

Imagem: Theasis/Getty Images.

A geopolítica contemporânea não está reeditando o sistema bipolar vivido durante a Guerra Fria, mas passando por uma crise de transição típica da disputa entre um poder hegemônico e outro ascendente, tal como ocorreu durante as décadas anteriores à Primeira Guerra Mundial. Resta saber como essa dinâmica será processada no século XXI.

A disputa de EUA e China pela hegemonia global

No início dos anos 1970, sob a liderança do secretário de estado Henry Kissinger e do presidente Richard Nixon, os EUA se aproximaram da China, visando afastar o país asiático da influência da União Soviética. Desde então o Dragão vem crescendo econômica e militarmente, expandindo sua influência e agora ameaça a hegemonia dos EUA.

A tragédia anunciada de Taiwan

Deixando de lado questões políticas e atendo-se apenas a uma avaliação militar, a retomada de Taiwan pela China Continental é meramente uma questão de tempo. Este artigo mostra, de forma qualitativa, quantitativa e através de análises comparativas com outros países, que, ao longo dos anos, Taiwan vem negligenciando sua defesa, confiando de forma excessiva nas garantias de segurança dos EUA.