Irã vai adquirir satélite russo de reconhecimento de alta resolução

Um foguete Soyuz-FG é lançado com três tripulantes para a Estação Espacial Internacional (Foto: NASA).

O satélite Kanopus-V, fornecido pela Rússia, poderá dar ao Irã a capacidade de espionar potenciais alvos militares de Teerã.

O Leviatã, submarino de ataque israelense

O Leviatã e um segundo submarino da marinha israelense são vistos durante manobra naval no Mediterrâneo, na costa de Haifa, em 9 de junho de 2021 (Foto: Amir Cohen/Reuters).

A frota de cinco submarinos israelenses classe Dolphin, com um sexto em construção, é envolta em sigilo e especulações. Movidas a motores diesel-elétricos e com tripulação básica de 30 militares, alguns analistas sugerem que essas embarcações são capazes de lançar mísseis nucleares – que Israel não nega e nem confirma possuir.

Síria afirma que ataques aéreos israelenses tiveram como alvo Damasco

Israel reconheceu ter conduzido muitos ataques dentro da Síria desde o início da guerra civil em 2011 (Foto: Abir Sultan/EPA).

Observatório SOHR disse que os ataques tiveram como alvo posições da força aérea perto de Khirbet al-Tin, nos arredores de Homs, e um depósito de armas pertencente ao Hezbollah.

Resignado com um renascimento do acordo nuclear, Golfo se envolve com o Irã

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, fez um discurso televisionado no Irã, em 4 de junho de 2021 (Site oficial de Khamenei/via Reuters).

Autoridades do Golfo temem não ter a mesma influência no governo Biden que tinham com Trump; segundo analista, os países da região acham que os EUA podem voltar ao acordo nuclear, mas precisam que todos levem em consideração as preocupações com a segurança regional.

Vigilância nuclear da ONU alerta sobre Coréia do Norte e Irã

Foto: Alex Halada/AFP/Getty Images.

O diretor da AIEA, Rafael Grossi, disse que Pyongyang pode estar reprocessando plutônio e avisa que a falta de conformidade do Irã está prejudicando as perspectivas de resgate do JCPOA.

Khamenei diz que o Irã quer ação, não promessas, para reviver acordo nuclear

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, fez um discurso televisionado no Irã, em 4 de junho de 2021 (Site oficial de Khamenei/via Reuters).

Na quarta-feira o enviado da União Europeia disse que acredita que um acordo será fechado na próxima rodada, mas outros diplomatas disseram que as decisões mais difíceis ainda estão pendentes.

O Kharg, navio logístico da Marinha do Irã, pega fogo e afunda no Golfo de Omã

O Kharg, maior navio da Marinha do Irã, foi escalado para participar de exercícios de treinamento quando pegou fogo em circunstâncias não esclarecidas e afundou (Foto: Wana/Reuters).

O Kharg datava de antes da Revolução Islâmica de 1979. Construído na Grã-Bretanha e lançado em 1977, foi entregue para a marinha iraniana em 1984. Autoridades do país disseram foi iniciada uma investigação para determinar as causas.

Radar Semanal 28/05/2021

Paraquedista do Exército dos EUA designado para o 2º Batalhão, Regimento de Infantaria de Pára-quedistas 503 entra em contato com sua equipe durante um treinamento em 15 de abril de 2021 (Foto: Giovanny Lopez/US Army).

Nesta edição, o Radar Semanal traz uma análise sobre os custos da atualização da deterrência nuclear francesa; apresenta uma matéria sobre uma “misteriosa” base sendo construída numa ilha ao largo do Iêmen; uma avaliação de que o retorno ao JCPOA pode ser vantajoso para o Irã; e uma (auto) crítica pertinente aos rumos que os Estados Unidos vem tomando em relação a suas forças armadas

General alerta que China e Rússia podem ocupar o espaço no Oriente Médio se os EUA reduzirem sua presença

General Frank McKenzie, dos US Marines, principal comandante dos EUA para o Oriente Médio (Foto: AP).

Líderes da região temem que a mudança do eixo dos EUA em relação à Ásia signifique que ficarão sem tropas, navios, aeronaves e outras ajudas militares; a Rússia e a China irão se manter atentos para explorar qualquer oportunidade.

Irã anuncia decisão sobre acordo da AIEA

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Saeed Khatibzadeh (Foto: IRNA).

O Ministério das Relações Exteriores do Irã informou nesta segunda-feira que o Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã estava discutindo o acordo com a Agência Internacional de Energia Atômica e o resultado seria anunciado ainda hoje.