Dois Victor, duas guerras

“V-Bomber” Handley Page Victor K.Mk.2 (Foto: Ur-1988/GoodFon.com).

As origens do Handley Page Victor e os “V-Bombers” e a história de dois Victor que operaram tanto na Guerra das Falklands/Malvinas como na Guerra do Golfo. Hoje ambas repousam em museus da RAF, onde recebem milhares de visitas todos os anos.

Marinha da Rússia aposta em novos navios de guerra menores carregados com mísseis

Longe de ser a força enfraquecida da década de 1990, após a Guerra Fria, a Marinha da Rússia agora tem um papel maior e mais importante na estratégia de defesa do país.

A perspectiva estratégica da China

O presidente chinês Xi Jinping (Foto: Nicolas Asfour/Reuters).

Se um dia os EUA chegarem a enfrentar a China, será fundamental entender como o país enxerga sua posição estratégica, ou como a posição estratégica chinesa a obrigará a agir.

Radar Semanal 26/03/2021

Foto: Prefectura Naval Argentina.

Nesta edição do Radar, uma análise do SCMP sobre a união de China e Rússia frente às sanções americanas; artigo da Foreign Affairs avalia que a atual competição entre China e EUA, embora perigosa, não configura uma nova Guerra Fria; no Defense News, os exercícios militares greco-sauditas e possíveis impactos nas relações com os turcos; na Time, as estimativas dos impactos globais do bloqueio no Canal de Suez; e uma análise da expansão da influência chinesa na América do Sul, especialmente na Argentina, e a fraca reação dos EUA.

Kremlin diz que sempre espera pelo melhor, mas se prepara para o pior

O Kremlin disse nesta sexta-feira que Moscou sempre esperou pelo melhor, mas se preparou para o pior, ao ser questionado sobre a possibilidade de uma nova Guerra Fria entre os Estados Unidos e a Rússia.

Especulando sobre a China e Cuba

Num exercício de imaginação, o autor procura traçar um paralelo entre a situação geopolítica da Guerra Fria, envolvendo os EUA e a URSS durante a crise dos mísseis em Cuba, e a atual disputa entre os Estados Unidos e a China, criando um cenário hipotético, mas, nas suas próprias palavras, intrigante. Dado o cenário especulado, cabe a pergunta: Poderia Cuba ser tão importante para a China quanto foi para a União Soviética?

Golpe em Mianmar: por que agora?

O recente golpe de estado em Mianmar, uma nação governada pelo alto-comando militar durante a maior parte de sua história moderna, não deveria ter sido uma surpresa. Juntas militares e governos fantoches governaram efetivamente o país por quase 20 anos desde a sua independência em 1948.

Satélites militares: Compendium

O reconhecimento por satélites afetou profundamente a Guerra Fria, mas era uma atividade realizada sob tanto sigilo que suas contribuições para a estabilidade internacional durante esse período não foram amplamente divulgadas. A compilação Satélites militares: Compendium, de autoria de Junior Miranda, que ora disponibilizamos para download, procura fornecer um painel geral sobre os projetos espaciais militares de alguns países nas últimas décadas.

Radar Semanal 08/01/2021

No primeiro Radar Semanal de 2021, algumas repercussões da invasão do Capitólio, um acordo de defesa entre Israel e a Grécia, a tumultuada – e perigosa – relação entre a India e o Paquistão, um possível voo de espionagem americano próximo à Coreia do Norte e a intenção da US Navy de patrulhar o Ártico, região de atuação da poderosa Frota do Norte da Marinha da Rússia.

Radar Semanal 31/12/2020

Em virtude do feriado de Ano Novo, esta semana antecipamos em um dia o Radar Semanal, tal como aconteceu no Natal. Na próxima semana, o Radar retorna às sextas-feiras. O Velho General deseja a todos os assinantes uma passagem de ano abençoada junto a seus familiares e amigos, e que 2021 seja um ano de paz, amor, saúde e prosperidade.