Como a Dinamarca se tornou o posto de escuta da NSA na Europa

O Serviço de Inteligência Estrangeiro Dinamarquês trabalha há décadas em estreita colaboração com agentes americanos (Imagem: iStock).

Parceria entre agentes aliados não é via de mão única; por exemplo, analistas dizem que permitiu que a Dinamarca obtivesse inteligência americana de melhor qualidade do que a Alemanha.