Cronologia do programa nuclear iraniano

Embora não seja possível determinar com certeza se o programa nuclear iraniano contempla a construção de armas, é fato que, ao longo dos anos, o país desenvolveu uma série de tecnologias, como enriquecimento de urânio e sistemas de mísseis, que tornam isso possível em um espaço de tempo relativamente curto. Teerã sempre negou essa possibilidade, afirmando que seu programa se destina a fins pacíficos.

As atividades (estratégicas) chinesas no Ártico

Os chineses vêm realizando expedições ao Ártico desde 1999 e teriam construído sua primeira base de pesquisa na ilha de Svalbard em 2004. Suas atividades árticas mais conhecidas são principalmente econômicas, especialmente uma cooperação energética com a Rússia, parte do esforço de Pequim para eliminar sua dependência de carvão para geração de energia e reforçar, de modo geral, a segurança de sua matriz energética.