O poder militar dos EUA vem de mais do que apenas o orçamento de defesa

Veículo militar em uma ponte sobre o rio Russian em Guerneville, Califórnia, durante uma enchente em fevereiro de 2019 (Foto: Justin Sullivan/Getty Images).

Investimentos em infraestrutura não beneficiam apenas a economia e a sociedade civil, mas garantem prontidão militar e limitam potenciais pontos de falha em operações de guerra.

Boeing encoraja os EUA a separar questões de comércio e direitos humanos da China

O logotipo da Boeing retratado na feira Latin American Business Aviation Conference & Exhibition (LABACE) no Aeroporto de Congonhas em São Paulo, Brasil, 14 de agosto de 2018 (Paulo Whitaker/Reuters).

Executivo alertou que a rival europeia Airbus teria vantagem se o fabricante americano fosse impedido de entrar na China.

A ascenção da China, a hegemonia norte-americana e a Armadilha de Tucídides

A impressionante velocidade do crescimento da China e sua expansão nos campos econômico, tecnológico e militar levam inevitavelmente a um choque com os interesses dos Estados Unidos, a potência – até então – hegemônica. Com o acirramento das tensões devido à forte competição, conseguirão estes países evitar a Armadilha de Tucídides?

Aldo Rebelo: entrevista no Canal Arte da Guerra

Na semana passada o ex-ministro da Defesa e do Esporte Aldo Rebelo esteve no Canal Arte da Guerra no YouTube onde concedeu uma interessante entrevista, durante a qual respondeu perguntas sobre seu tema favorito: o Brasil. Neste artigo, um sumário dos principais tópicos abordados na conversa.

China encara um balanço financeiro

Tomando por base o caso recente do Alibaba/Ant Group, é difícil discernir se acontecimentos incomuns são um sinal da fraqueza ou força de Pequim. A repressão a conglomerados de tecnologia trará medo em Pequim de que seu crescente controle sobre dados e informações, que o Partido Comunista da China deseja monopolizar, se traduzirão em poder político e romperão falhas históricas regionais e socioeconômicas da China? Ou Pequim está apenas se flexionando a serviço de uma política prudente?

O dilema de Biden

Apesar da euforia entre os democratas americanos e setores da esquerda com a possibilidade de vitória do candidato Joe Biden nas eleições americanas, a vida de um Biden presidente não deverá ser fácil. Com cerca de metade do país tendo votado em Donald Trump, Biden provavelmente enfrentará os mesmos problemas do antecessor.

Clipping Semanal 04/09/2020

Iniciamos um serviço exclusivo para os assinantes, o Clipping Semanal. Trata-se de um apanhado de notícias sobre Defesa e Geopolítica ocorridas ao longo da semana. São reportagens, artigos, análises e estudos publicados por veículos de várias partes do mundo através dos quais procuramos mostrar um panorama dos nossos principais focos de atenção.

O futuro da Bielorrússia

A Bielorrússia é o caminho mais curto entre a Europa ocidental e Moscou, e por isso, como mostra a história, pode facilmente se transformar em uma fonte de preocupação para a Rússia. Se por um lado a Ucrânia é um exemplo recente da disposição russa em uma possível intervenção, por outro a população bielorrussa é, cultural e historicamente, muito mais próxima dos russos, o que poderia sugerir uma solução menos traumática.